Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Investigado por estelionato em negócios de bitcoins, playboy faz orgia com mulheres em hotel de luxo


Domingo, 26 de abril de 2020

Imagens feitas por Marlon Gonzalez, denunciado por fraude pelo MPDFT, mostram festa privativa com garotas nuas na capital fluminense.

O Ministério Público do Distrito Federal (MPDFT) ofereceu duas denúncias contra o estelionatário Marlon Gonzalez Motta (foto em destaque), 24 anos, conhecido como o playboy das bitcoins. Uma delas, que tramita na 3ª Vara Criminal de Taguatinga, foi acolhida pela Justiça e transformou o suposto megainvestidor do mercado financeiro em réu.

Enquanto os processos correm, o golpista esbanja dinheiro e participa de festas regadas a álcool na companhia de mulheres nuas, sempre em suítes de hotéis luxuosos no litoral brasileiro.

Nesta semana, fotos e vídeos protagonizados por Marlon e duas mulheres circularam por grupos de WhatsApp e provocaram a indignação de um grupo de vítimas que ainda luta para reaver o alto investimento feito nas transações fraudulentas de bitcoins.

O estelionatário usou a lábia para convencer operadores financeiros a pagarem fortunas em transações envolvendo moedas virtuais. As vítimas que o golpista fez no DF sofreram desfalques entre R$ 50 mil e R$ 100 mil. Pelo menos nove pessoas acionaram o falsário na Justiça na capital da República, inclusive advogados que representam o grupo chinês que amargou um prejuízo avaliado em R$ 600 mil em uma transação fraudulenta.

Nas fotos e vídeos que ganharam as redes sociais, Marlon aparece em uma luxuosa suíte na companhia de duas mulheres. A loira e a morena brincam ao redor de uma banheira com o mar de São Conrado – na Zona Sul carioca –, ao fundo. Uma delas planta bananeira entre as esquadrias da vidraça, enquanto o golpista filma e ri.


Carlos Carone / Metrópoles
Fotos reprodução Metrópoles

    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário