Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Justiça condena vereador de Campina Grande a 36 anos de cadeia


Quinta feira, 19 de dezembro de 2019

O juízo da 4ª Vara da Justiça Federal publicou, na tarde desta quinta-feira (19), a primeira sentença oriunda da Operação Famintos, que investiga desvios de recursos públicos e fraudes em licitações em Campina Grande. Foram condenados o vereador Renan Maracajá e mais 15 denunciados pelo MPF.

Renan é apontado como integrante de uma organização criminosa que teria fraudado contratos para o fornecimento de merenda escolar na rede municipal ensino em Campina Grande.

Na sessão de hoje, o desembargador federal Fernando Braga trouxe seu voto, concedendo o habeas corpus. O magistrado foi acompanhado pelo desembargador federal Rubens Canuto. O relator do processo, o desembargador federal Rogério Fialho Moreira, já havia anunciado o voto negando o habeas corpus na sessão da semana passada.

O desembargador federal Rubens Canuto substituiu, nesta sessão de hoje, o desembargador federal Cid Marconi, que precisou se afastar do Tribunal por motivos familiares.


Paraíba
Foto reprodução Paraíba

    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário