Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Famup e Governo Estadual reúnem municípios da Paraíba


Quarta-feira, 23 de outubro de 2019

A Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup), a Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana (SEMDH) e a Secretaria de Estado do Desenvolvimento e Articulação Municipal (SEDAM) reúnem nesta quinta-feira (24), no município de Alagoinha, os municípios inscritos Selo Social “Prefeitura Parceira da Mulher”.

O encontro que acontece no auditório do Centro de Referência e Assistência Social (CRAS), das 8h às 12h, será apenas para os municípios do Brejo.

A reunião tem o objetivo de prestar consultoria para a realização das metas/ações e para a elaboração dos relatórios de execução das ações inclusas no rol das políticas para mulheres, previsto no edital do Selo Social Prefeitura Parceira das Mulheres. Na ocasião, serão retiradas eventuais dúvidas e incentivada a execução com primazia das ações assumidas pelos municípios no Edital do projeto.

“A Famup juntamente com o Governo do Estado está dando assistência a todos os municípios que fizeram a inscrição para concorrer dentro desse projeto importante para o fortalecimento das políticas públicas voltadas para as mulheres. Essa reunião também acontecerá em outras regiões para que possamos atender todas as gestoras e gestores responsáveis pelos eixos de execução”, disse o presidente da Famup, George Coelho.

Selo – O objetivo do selo “Prefeitura Parceira da Mulher” é de estimular prefeitas e prefeitos a adotarem medidas efetivas para instalar ações, programas e políticas de direitos das mulheres.

A premiação ocorrerá sempre em março do ano subsequente e os critérios seguirão algumas propostas de compromissos, como, entre outras, inserir projeto de doulas na Atenção Básica, realizar a capacitação de agentes comunitários para o enfrentamento à violência doméstica e morte materna, definir cota mínima de 50% de mulheres nos cargos de primeiro escalão nas gestões, criar órgãos de políticas pra mulheres, realizar feiras e espaços de comercialização para mulheres produtoras e artesãs, criar casa de passagem para acolhimento temporário de mulheres em situação de violência.


Mais PB
Foto reprodução Mais PB

    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário