Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

CRAS e CREAS de Soledade realizam eventos com idosos para conscientização de prevenção do suicídio


Sábado, 14 de setembro de 2019


Muitas vezes recebemos os sinais de quem precisa de ajuda, uma conversa, um amigo, mas não ouvimos, deixamos passar e as consequências são fatais. É justamente para evitar que se deixem passar esses sinais que a campanha do setembro Amarelo vem conscientizar sobre a importância da prevenção ao suicídio. Assunto que ainda é tratado com tabu em meio à sociedade e é preciso quebrar essa resistência. Assim, a Secretaria de Assistência Social -SETAS, através do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) realizou uma roda de conversa nesta quinta-feira (12), com os idosos do Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vinculo de Soledade.

O tema foi abordado durante este mês pela Secretaria de Saúde e agora também pela SETAS, já que no último dia 10 foi lembrado o Dia Mundial de Combate ao Suicídio. Na oportunidade do encontro com idosos, estiveram presentes a coordenadora do CRAS, Josefa Martins; a coordenadora do CREAS, Socorro Souto; e a secretária adjunta da SETAS, Surama Marinho, bem como a equipe de psicólogas e assistentes sociais do CREAS e do CRAS. De acordo com a assistente social, Márcia Regia Lima, a roda de conversa com os idosos teve o objetivo de prevenção ao suicídio e valorização da vida.

“Alertamos a todos sobre como identificar os sinais e sintomas que um suicida emite e mostramos a prevenção e as ações de apoio que podem ser dadas, sendo uma das principais delas o encaminhamento da pessoa à terapia especializada”, disse a assistente social. Ela destacou ainda a importância de conscientização dos idosos não apenas para identificar sinais nos outros. “Com a velhice pode vir a sensação de exclusão e até a reflexão sobre suas perdas, então, a conversa também foi pra eles”, salientou Márcia.

Marcia também enfatizou que as ações continuarão. Na próxima terça-feira (17) será no bairro de Chico Pereira, em uma casa a ser escolhida. A conversa será na calçada, aberta a todos que quiserem participar. Na quinta-feira (19),  a roda de conversa será na zona rural, no núcleo dos Verdes, que é uma escola.

A coordenadora do CRAS, Josefa Martins explicou que as equipes fazem um alerta para que a busca no atendimento seja o quanto antes, especialmente, quando os sinais estão evidentes. “A pessoa fica deprimida sem vontade de fazer as coisas, repetindo frases do tipo que a vida não tem mais sentido e se isolando mais”, comentou Josefa, estacando que os Centros de Referência podem ser procurados pela população.

A secretária de Trabalho e Ação Social, Janaina Barros, reitera a importância deste momento e de outras ações que as instituições de apoio do município p0restam à população. “Esse conjunto de ações e atividades e a disponibilidade de uma equipe multiprofissional assegura aos cidadãos de Soledade um aporte muito importante de apoio psicossocial e eu fico muito feliz de ver que o nosso trabalho, fruto do empenho e competência de uma equipe focada no bem comum, está contribuindo com a melhoria da qualidade de vida e eu diria até com a felicidade das pessoas”, finaliza a secretária.

  

  


ASCOM
Foto reprodução ASCOM

    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário