Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Cinco mil pessoas foras às ruas de Soledade para prestigiar desfile cívico de 7 de setembro

 

Sexta feira, 13 de setembro de 2019

A Prefeitura de Soledade, através da Secretaria de Educação, com apoio de órgãos municipais, realizou no último sábado (07), o Desfile Cívico de 07 de Setembro. Cerca de cinco mil pessoas acompanharam o Desfile com a passagem dos pelotões - formados por estudantes das escolas municipais tanto da zona rural, quanto da zona urbana, profissionais do SAMU e da Guarda Municipal, além de representantes da Igreja e Atletas do Futuro. A solenidade teve início às 15h30 e foi marcado pela riqueza dos detalhes e dos temas trabalhados. O prefeito Geraldo Moura enalteceu a importância do evento para se refletir sobre patriotismo e a história da formação do Estado brasileiro. “O desfile deste ano foi um dos mais bonitos e prestigiados de Soledade”, comemorou o prefeito.

Os integrantes que desfilaram concentraram-se na Escola Municipal Professor Luiz Gonzaga Burity. De lá, saíram sendo “puxados” por bandas de fanfarra e pelas bandas marciais. Um dos destaques do dia foi a história da escola Burity, que também foi o primeiro pelotão a desfilar, trazendo os 40 anos de existência da instituição como tema central. O primeiro grupo da escola foi formado por 23 alunos do 1º ano do Fundamental I, organizados pela professora Isabel Falcão. Eles trouxeram uma pequena amostra do projeto “Contos em família do colégio Burity: na construção da escola feliz”. O projeto une a arte da leitura a bons momentos de interação da criança e sua família.

O segundo grupo da Burity foi formado por 26 crianças do 2º ano do Fundamental I organizados pelas professoras Iza Cláudia e Laura Nóbrega. Os alunos retrataram o projeto “Minha família faz história com a Burity”. Já o terceiro grupo foi formado por 41 alunos do 3º e 4º anos, orientados pelas professoras Gorete Alencar, Aurélio de Andrade e Leandra. O tema foi “Na nossa escola ninguém é igual a ninguém”, com a abordagem das diferenças. O último grupo que formou o pelotão da Burity foi de 36 alunos do 5º ano das professoras Beticleide Amaral, Zineide e Josineide. O tema foi “vestindo e recontando nossa história”. O recorte foi nas réplicas de fardamento e na contagem da história através do cordel, destacando a importância histórica, social e cultural da instituição.

A segunda escola a desfilar foi a Maria do Carmo, com pelotão formado por sete grupos. O primeiro, de alunos do 1º ano, com o tema “Somos todos iguais quando respeitadas as nossas diferenças”, com as professoras Rosângela França, Rafael Fragoso e Maysa Lopes. O segundo grupo composto por alunos do 2º ano A com o tema “aprender a conviver”, sob o comando da professora Alexsandra Cavalcante. O terceiro grupo foi de alunos do 2º e 3º anos B com o tema “Em sala de aula na construção do conhecimento”, com as professoras Maria Francicleide e Nadilza Coelho.

Já o quarto grupo foi formado por estudantes do 3º ano A, com o tema “sentimentos e emoções”. Quem organizou foi o professor Kleber Carneiro. O quinto grupo foi de alunos do 4 ano com o tema "Êxodo Rural", sob o comando das professoras Ranusia e Lizanka. O sexto grupo foi de alunos do 5º ano A, com o tema “Convivendo e respeitando as diferenças na escola”, sob a organização da professora Rosângela França. O sétimo grupo foi formado por alunos do 5º ano B com o tema “Saltimbancos: junte um bico com dez unhas, quatro patas e trinta dentes. Essa é a receita do sucesso”. A professora foi Adriana Alves. Além das turmas regulares, a Maria do Carmo também participou do desfile com sua banda marcial “Professora Ana Luzia de Medeiros”.

A escola Lúcia Matias participou do desfile com suas turmas do 1º ao 5º ano do Fundamental com cinco pelotões. Os temas trabalhados frisaram os projetos da escola. O primeiro deles foi “Família e escola: Lugar de aprender a ser e conviver”, do 1º ano das professoras Maria das Vitórias e Ana Paula. Outro pelotão entrou com o tema “Aprendendo com as emoções”, da professora Dayane Brito, Ozilane, Nilzete Coelho e Maria Verônica, do 2º ano.

Também desfilou o pelotão do 3º ano representando “A musicalidade no processo da Alfabetização Emocional”, das professoras Elisângela, Rita de Cássia e Márcia Ângela; “Aprendendo com as diferenças e lidando com as emoções”, do 4º ano, com as professoras Emanuela, Ana Júlia e Maria das Vitórias. O último grupo da escola foi dos alunos do 5º ano com as professoras Kalina e Ailma, trazendo o tema “Convivendo e representando as diferenças na escola”. Os alunos também desfilaram mostrando fardamentos antigos.

A outra escola da rede municipal a desfilar foi a Juvina, mas, por motivo de falecimento de uma professora, os alunos representaram o luto do momento e obviamente, não apresentaram seu tema. As escolas da Zona Rural desfilaram fazendo uma homenagem ao centenário de Jackson do Pandeiro. Também passaram pelas ruas a Guarda Municipal, que também deu apoio na organização do evento; a Secretaria de Trabalho e Ação Social e ainda os estudante do projeto “Atletas do Futuro” que desfilaram pela primeira vez; a escola particular CDI, que voltou a desfilar esse ano; a Igreja Assembleia de Deus; a escola estadual Padre Ibiapina; e o SAMU, que mudou sua rotina para deixar registrado no desfile não a tristeza de uma ocorrência, mas a alegria de um dia bonito.

A secretária de Educação de Soledade, Andrea Berto, agradeceu a todos os envolvidos direta e indiretamente no evento pelo empenho e dedicação para que tudo saísse tão belo e bem feito. “Foi um show de aprendizado, com riqueza de detalhes, sobrepujando todas as expectativas. A cada ano o 7 de Setembro supera nossas expectativas. Cada detalhe pensado abrilhanta mais a riqueza que as escolas têm para apresentar. Afinal, não é de qualquer jeito, nem de última hora. O que vimos no desfile foi o resultado de um trabalho de meses de dedicação nas nossas escolas. Estão de parabéns toda a rede municipal de Soledade”, disse Andrea Berto.

Depois de agradecer a cada escola participante, inclusive a estadual Padre Ibiapina e a participar CDI, Andrea também agradeceu a entidades e servidores em especial. “Em nome da gestão municipal, agradeço toda demonstração de parceria feita para com nossas escolas. Sem esse apoio seria impossível mostrar com excelência o que todos nós vimos neste 7 de Setembro”, destacou a secretária.

Até a concentração em frente ao Banco do Brasil, foi um momento de muita alegria e descontração. Pelo percurso, muitos pais e parentes que foram ao evento acompanhar aqueles que estavam desfilando. Na Rua Prefeito Inácio Claudino, em frente à Agência do Banco do Brasil, a Prefeitura montou uma estrutura de palco e arquibancadas para o público. Lá, onde se encerrou o Desfile encontraram-se parentes, amigos dos pelotões e o público soledadense que foi prestigiar o desfile da independência.

Ao chegar à frente ao palco, já na parte final do evento, os pelotões se dispersaram e o espaço foi reservado para as apresentações das bandas de fanfaras e bandas marciais. A primeira a se apresentar foi a banda da escola Maria do Carmo. Na sequência vieram os alunos da Luiz Gonzaga Burity, Padre Ibiapina e Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo – SCFV, que deram um show de beleza, harmonia e talento.

O prefeito de Soledade, Geraldo Moura, parabenizou a organização do evento os órgãos e os estudantes participantes do Desfile. “Aqui estamos comemorando uma data importante na história do nosso país e também educando os jovens não só sobre a Independência do Brasil, mas também para que eles e todos nós possamos refletir sobre o que é ser patriota e a importância desse sentimento para os brasileiros. É também um momento para conhecer a história do nosso país e da própria formação do Estado brasileiro”, destacou o gestor.








ASCOM
Fotos reprodução ASCOM

    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário