Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Alunos de São Vicente do Seridó conquistam medalhas nas Olimpíada de Astronomia e Astronáutica


Sexta feira, 13 de setembro de 2019

Ratificando a qualidade do ensino municipal de São Vicente do Seridó, quatro alunos da Rede Municipal conquistaram medalhas na 22ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA), considerada a maior olimpíada científica do Brasil e que é organizada pela Agência Espacial Brasileira (AEB) em parceria com a Sociedade Astronômica Brasileira (SAB). Ao todo, foram quatro medalhas, sendo duas de ouro, uma de prata e outra de bronze.

Os alunos medalhistas foram Pedro Henrique Silva e Débora Passos Cordeiro, que receberam medalhas de ouro, e Joseane dos Santos e Santos e Laís Kézia Ferreira Mâcedo, que receberam o bronze e prata, respectivamente. Pedro, Débora e Lais cursam o 9º ano, já Joseane, o 7º. Todos são alunos da Escola Damião Zelo de Gouveia.

Os resultados, segundo a secretária de Educação Jusciléia Monteiro, podem ser justificados pela qualidade do ensino somado ao comprometimento, esforço e dedicação dos alunos e professores.

“Para nós que fazemos a gestão municipal, em especial a Educação, é um orgulho podermos compartilhar essa notícia e termos quatro alunos premiados. As medalhas são importante, mas nosso principal prêmio é a comprovação da qualidade do ensino que São Vicente do Seridó tem, além do incentivo a participação dos estudantes nas olimpíadas não só para medir e aprofundar o conhecimento, mas para desenvolver talentos e competências”, destacou.

A secretária destacou ainda a importância do papel dos professores nesses resultados. “Eles são peças fundamentais que ajudam a criar as possibilidades e abrir novos horizontes para os alunos através dos conhecimentos que são disseminados, mostrando que todos são capazes de alcançar novas conquistas”, disse.

  
A prefeita Graciete Dantas parabenizou os alunos e destacou a qualidade do ensino no município. “Ter alunos medalhistas da OBA é comprovar que temos uma educação pública de qualidade e comprometida com o futuro. Que isso seja um estímulo para que nossos alunos possam acreditar no potencial que possuem. Enquanto gestora, continuarei ajudando a mostrar que o aprendizado é capaz de promover resultados de sucesso”, expressou.

O objetivo da OBA é de estimular o interesse dos jovens pela Astronomia, Astronáutica e ciências afins, promovendo a difusão dos conhecimentos básicos de uma forma lúdica e cooperativa. Na edição deste ano, a prova foi aplicada para cerca de 800 mil estudantes brasileiros do ensino fundamental e médio de quase 18 mil escolas do país.




ASCOM
Fotos reprodução ASCOM

    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário