Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Conselho Regional de Medicina da Paraíba interdita hospital da cidade de Cubati


Sábado, 13 de abril de 2019

O Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) interditou eticamente o Hospital Municipal Maria Lídia Gomes, na cidade de Cubati, no Seridó paraibano, a 220 km de João Pessoa. A equipe de fiscalização esteve no hospital geral da cidade na tarde da última quinta-feira (11) e constatou que não havia médico no local e nem direção técnica.

De acordo com o diretor de fiscalização do CRM-PB, João Alberto Pessoa, só havia escala médica para o sábado. “No restante dos dias, o atendimento era feito apenas pela enfermagem. Recebemos denúncia e viemos comprovar que realmente não há médicos. Infelizmente, tivemos que proceder com a interdição ética”, disse João Alberto.

Dessa forma, a partir da 0h desta sexta feira (12), os médicos que atuam no hospital estão interditados eticamente e não poderão prestar seus serviços.

Não é de hoje que a saúde do município não anda bem. Moradores de Cubati tem se queixado nas redes sociais sobre o caos que vive o município na área da saúde e estão recorrendo a outros municípios para conseguirem uma consulta médica.

Como o hospital de São Vicente do Seridó dispõe de médicos todos os dias, a população cubatiense tem se deslocado até lá para se consultarem. A demanda aumentou desde a última quinta feira, quando o hospital de Cubati foi interditado pelo CRM-PB. Algumas vezes os populares vão em veículos próprios para São Vicente por não conseguirem transporte cedido pelo município.

A falta de médico não é uma realidade somente em Cubati não. A Unidade Mista de Saúde Maria Auxiliadora Maria Patrício de Gouveia de São Vicente do Seridó tem servido de socorro para os pacientes das cidades de Olivedos e Soledade porque nas referidas cidades também não há médicos diariamente nos plantões.   

Não é a primeira vez que o hospital de Cubati passa por interdição. No dia 08 de março de 2013, o Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba (COREN–PB) fez uma visita surpresa ao hospital e constatou irregularidades no setor de enfermagem daquela unidade e interditou o setor.

A reportagem do São Vicente Agora entrou em contato com a nova secretária municipal de saúde de Cubati, a senhora Elaine Cristina, para ouvir a versão do município sobre a interdição do hospital, mas até o fechamento desta matéria ela não havia nos dado retorno.


São Vicente Agora
Foto: Google Street View

    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário