Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Especialistas explicam como evitar osteoporose; a doença que atinge 15 milhões de brasileiros


Sábado, 20 de outubro de 2018

Neste sábado (20/10) é lembrado o Dia Mundial de Combate à Osteoporose. A data, instituída pela Federação Internacional da Osteoporose (IOF), em 1997, visa conscientizar as pessoas sobre a prevenção e cuidados com a doença. Esta doença se caracteriza pela diminuição de massa óssea, com o desenvolvimento de ossos ocos, finos e de extrema sensibilidade, tornando-os mais sujeitos a fraturas.

De acordo com a IOF, a cada três segundos, uma pessoa sofre uma fratura decorrente da osteoporose, responsável por 8,9 milhões de fraturas por ano no mundo. Estima-se ainda que uma em cada três mulheres ou um em cinco homens com mais de 50 anos sofreram ou ainda vão sofrer alguma lesão osteoporótica.

No Brasil, a doença atinge 15 milhões de pessoas. O médico ortopedista, subespecialista em cirurgia de coluna menos invasiva, da Ortosul, Rodrigo Souza Lima explica que esta é uma doença que não apresenta sintomas, o que dificulta o diagnóstico precoce. Segundo ele, a osteoporose só aparece com o agravamento da doença ou quando há fraturas. "Os indícios podem ser: a diminuição da estatura ao decorrer dos anos, fraqueza nos ossos, dor na região lombar e torácica decorrentes de fratura nos ossos da coluna vertebral e encurvamento da postura", pontua.

O especialista complementa que a maneira mais comum de se notar a doença são as fraturas sem traumas, que acontecem mais no fêmur, coluna e punho.

Como a alimentação pode ajudar a evitar a osteoporose?
Quando se fala em prevenção logo se pensa em suplementos de cálcio ou alimentos fontes desse mineral. "Mas, a saúde óssea não se resume a isso", aponta Renato França, nutricionista esportivo e funcional.

Segundo ele, em uma dieta que pode evitar a osteoporose é de extrema importância consumir laticínios, principalmente queijos e iogurtes; vegetais de cor verde escura, como o brócolis; grão de bico; sardinha e sementes oleaginosas, como castanhas e gergelim. "Se necessário ainda, é possível suplementar vitamina D, cálcio e magnésio. Tudo sob supervisão e prescrição de nutricionista ou médico", ressalta.

Atividade física previne osteoporose?
Para Luiz Henrique Quadros, instrutor de musculação da Bodytech Lago Sul, de uma forma geral todos os exercícios auxiliam no tratamento e até mesmo previnem o aparecimento da osteoporose. Mas é de extrema importância procurar um profissional habilitado para planejar e orientar sobre os exercícios corretos.

"Antigamente os exercícios de impacto como corrida e saltos eram contra indicados por expor as articulações e ossos, mas hoje é sabido que até mesmo a contração muscular (atrito de músculos e ossos) pode causar um dano de pequena magnitude que proporciona melhoras ao quadro", finaliza.

Paraíba
Foto reprodução Paraíba

Veja mais notícias no www.saovicenteagora.com.br curta o Facebook AQUI siga o Twitter AQUI o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias do dia. Você também pode falar com a redação através do WhatsApp (83) 9 8105 2934
    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário