Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Foto de receita adaptada por médica para paciente analfabeto viraliza na internet


Quarta feira, 05 de setembro de 2018

A profissional usou fitas de diferentes cores para 'legendar' sua prescrição.

RIO - Uma médica de um hospital municipal de Belém, no Pará, teve uma ideia simples. Usou fitas coloridas para adaptar uma receita para um paciente analfabeto. Eram quatro os medicamentos que a pessoa deveria tomar, e cada um deles recebeu uma fitinha de uma cor. Os horários em que os remédios deveriam ser ingeridos foram escritos, na prescrição, ao lado de uma amostra de cada fita. Por fim, a médica ainda colou um recorte de frutinhas desenhadas, o que indica ao paciente que ele precisa comer ingredientes deste tipo sempre às 22h.

Uma foto desse "sistema de legenda" foi postada pela irmã da médica no Twitter às 14h37 de terça-feira, dia 4, e o sucesso não demorou a vir: em pouco mais de 24 horas, até as 17h desta quarta-feira, a postagem reuniu mais de 172 mil "curtidas" e foi compartilhada mais de 63 mil vezes.

"Aplaudindo infinitamente munha (sic) irmã que atendeu um paciente analfabeto e fez uma receita toda adaptadinha pra ele", escreveu a jovem em sua conta de perfil. A iniciativa da médica recebeu uma chuva de elogios na internet. "Se a maioria deles (dos profissionais) tivesse essa sensibilidade", comentou uma usuária do Twitter. Outra destacou que "isso foi genial e fenomenalmente empático". Outro, ainda, disparou: "Não a conheço mas já admiro muuuuuuuito essa moça!".

Um usuário da rede social se interessou em replicar a atitude: "Onde ela comprou essas fitinhas? Gostaria de levar o exemplo adiante!", escreveu ele. Em resposta, a irmã da médica esclareceu que o material é facilmente encontrado em papelarias comuns.


O Globo
Foto reprodução O Globo


Veja mais notícias no www.saovicenteagora.com.br curta o Facebook AQUI siga o Twitter AQUI o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias do dia. Você também pode falar com a redação através do WhatsApp (83) 9 8105 2934

    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário