Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Exército suspende Operação Carro-pipa em municípios da Paraíba


Segunda feira, 30 de abril de 2018

O abastecimento de água para as comunidades rurais de Campina Grande e outros 17 municípios das regiões do Agreste, Cariri e Sertão da Paraíba, atendidos pela Operação Carro-pipa está suspenso pelo Exército a partir desta segunda-feira (30) em decorrência das últimas chuvas no estado.

A medida suspendendo o serviço tem validade de até 60 dias, a depender da situação hídrica de cada município, e foi informada pelo 31º Batalhão de Infantaria Motorizada do Exército, responsável pela coordenação do serviço nestes municípios.

Os municípios que tiveram o abastecimento de água suspenso pelos carros-pipas foram: Assunção; Coxixola; Campina Grande; Gurjão; Livramento; Parari; São José do Sabugi; São José dos Cordeiros; Serra Branca; Taperoá; Barra de Santana; Boqueirão; Caturité; Fagundes; Queimadas; Lagoa Seca; Santo André e Santa Luzia.

Segundo o comandante do 31º Batalhão de Infantaria Motorizada, Márcio Rogério, a suspensão tem como base a observação do índice pluviométrico acumulado em cada município. “O trabalho está sendo suspenso, mas pode voltar a qualquer momento desde que seja comprovada a situação de necessidade. A suspensão ocorre em função das últimas chuvas no estado e observa a realidade de cada município”, explicou.

Abastecimento continua para oito municípios

O comandante também informou que o abastecimento será mantido para outros oito municípios atendidos pela Operação sob a responsabilidade do 31º Batalhão de Infantaria Motorizada do Exército. São eles: Alcantil, Barra de São Miguel, Cabaceiras, Puxinanã, Riacho de Santo Antônio, Boa Vista, São Domingos do Cariri, e São João do Cariri.


Jornal da Paraíba
Foto ilustrativa da internet

Veja mais notícias no www.saovicenteagora.com.br curta o Facebook AQUI siga o Twitter AQUI o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias do dia. Você também pode falar com a redação através do WhatsApp (83) 9 8105 2934


    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário