Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Polícia prende mulher em flagrante após ela cortar o pênis do marido com estilete


Após cortar o pênis do marido, uma mulher de 54 anos foi presa em flagrante nesta quinta-feira, em Umuarama, no noroeste do Paraná. De acordo com a 7ª Subdivisão Policial, ela está detida por lesão corporal de natureza grave. O homem, de 51 anos, foi socorrido pelos bombeiros e enviado ao Hospital São Paulo, onde está internado na UTI. Ainda não se sabe informações a respeito da possibilidade de reconstrução do órgão genital do paciente.

O 25º BPM (Umuarama) informou que o crime ocorreu por volta das 19h. Uma dupla da rádio patrulha passava pelo local, no bairro Jardim Cruzeiro, quando foram dar atendimento ao caso de lesão corporal. O Corpo de Bombeiros foi acionado e encaminhou a vítima à unidade de saúde, onde o homem chegou com muita perda de sangue. De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, os médicos viram a necessidade de transferi-lo para a UTI, mas acredita-se que, ainda hoje, ele deva retornar ao quarto.

O homem estava com ferimentos na parte que restara do órgão genital, que não foi totalmente cortado, e também na perna, na região próxima à virilha. A autora do crime confirmou ter efetuado os ferimentos com um estilete. No entanto, já na delegacia, ela não disse os motivos para tal ação.

Apesar de estar na UTI, a vítima está consciente, em "estado regular". Ele não chegou a comentar o caso. Os médicos, por sua vez, também preferiram não entrar em detalhes, porque é algo muito pessoal que "pode prejudicar bastante o estado psicológico do paciente". Devido à internação, a polícia ainda não escutou a versão dele sobre os fatos.

"Não estamos entrando em detalhes que possam constranger o paciente", informou a unidade.


Extra Online
Foto reprodução  Portal Cantu

Veja mais notícias no www.saovicenteagora.com.br curta o Facebook AQUI siga o Twitter AQUI o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias do dia. Você também pode falar com a redação através do WhatsApp (83) 9 9347 4768


    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário