Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Estudantes vivem noite de terror após tentativa de assalto a ônibus escolar na PB


Cerca de 40 estudantes da cidade de Poço José de Moura, cidade a quase 45 km de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba viveram na noite desta segunda-feira (18), momentos de terror.

Segundo informações do motorista do ônibus que aguardava os alunos na porta de um colégio da cidade de São João do Rio do Peixe - PB, dois homens armados anunciaram o assalto, porém ao tentaram adentrar o transporte, um deles teria se atrapalhado disparando um tiro que acabou atingindo um dos comparsas.

“Foi muito rápido, acho que ele se atrapalhou ao tentar subir o degrau do ônibus, logo após o disparo eles saíram correndo, acho que eles ficaram com medo”.

Ainda segundo o motorista, após o ocorrido, ele levou os estudantes para sede do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel) para ver se estava tudo em ordem, neste momento chegou a polícia. “Foi um momento de terror, os estudantes ficaram gritando, com medo, né, mas graças a Deus nenhum estudante ficou ferido, somente o assaltante ”.

O motorista afirmou que o ônibus teve que ser escoltado de São João do Rio do Peixe até a cidade de Poço José de Moura. A distância entre as cidades é de quase 21 km.

Em conversa com a reportagem, o secretário de transportes da cidade de Poço José de Moura, Aureliano Egídio, disse que alguns estudantes disseram que não querem mais estudar em São João do Rio do Peixe. “Eles ficaram com medo, frustrados, mas vamos conversar com eles hoje, não podem parar de estudar, são o futuro de nossa cidade. Llamentável uma situação destas”.

O delegado Danilo Charbell, disse a nossa reportagem que o motorista foi ouvido e que as medidas cabíveis estão sendo tomadas. “A polícia está em busca de prender os acusados”.


Diário do Sertão
Foto ilustrativa da internet 

Veja mais notícias no www.saovicenteagora.com.br curta o Facebook AQUI siga o Twitter AQUI o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias do dia. Você também pode falar com a redação através do WhatsApp (83) 9 9347 4768


    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário