Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Cássio cita Cartaxo, Maranhão, e Romero, mas diz que pode disputar o governo em 2018


O Senador paraibano Cássio Cunha Lima (PSDB) afirmou, durante entrevista ao Programa Rádio Verdade do Sistema Arapuan de Comunicação desta sexta-feira (18) que não se recusará a ser candidato ao Governo do Estado nas eleições do próximo ano caso seu nome seja escolhido pelas oposições.

No entanto, o senador disse que além do seu nome, têm outros postulantes a exemplo dos prefeitos de Campina Grande e João Pessoa, Romero Rodrigues e Luciano Cartaxo, além do senador José Maranhão. “Romero e Cartaxo estão fazendo uma boa gestão e o senador José Maranhão tem uma larga folha de serviços prestados ao povo da Paraíba e por isso todos têm o direito de postularem a vaga ao Governo do Estado”, explicou o senador ao lembrar que foi o PMDB que deu a vitória ao governador Ricardo Coutinho nas eleições de 2014.

De acordo com o senador, o mais importante é compor uma chapa competitiva que traga propostas para mudar e melhorar a vida do paraibano, sem perseguição política principalmente prefeitos e respeito ao servidor público, e, acima de tudo com, diálogo com a sociedade.

Cássio Cunha Lima afirmou que já têm 30 anos de vida de pública e que por isso está na hora de dar oportunidade, uma chance a outros nomes que estão ascendendo na política da Paraíba. ‘Nós formamos um bloco de oposição, coeso e unido e tenho a certeza de que no momento certo e oportuno saberemos escolher o melhor o nome para representar e trabalhar pela Paraíba e pelo seu povo, porque o que está jogo não é um projeto individual onde apenas um decide por todos, mas um grupo que irá escolher o melhor e o mais importante de forma democrática, ouvindo a todos que compõe essa oposição”, finalizou o senador.


Paraíba
Foto reprodução internet 

Veja mais notícias no www.saovicenteagora.com.br curta o Facebook AQUI siga o Twitter AQUI o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias do dia. Você também pode falar com a redação através do WhatsApp (83) 9 9347 4768
7

    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário