Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

CCL revela estratégias com oposição unida para as eleição 2018 na Paraíba


O senador e primeiro vice-presidente do Senado, Cássio Cunha Lima (PSDB), revelou nesta segunda-feira (3), durante entrevista ao programa radiofônico Correio Debate, da 98 FM, algumas das estratégias que devem ser utilizadas pelas oposições durante as eleições do próximo ano. Uma delas é o foco na discussão de propostas.

“O objetivo é ter a oposição unida e mais do que discutir nomes, queremos discutir propostas para a Paraíba. O governo atual vem aumentando o desemprego com medidas recessivas, recentemente a Paraíba criou uma taxa pra pagar imposto, uma taxa muito injusta pois cobra igual de quem ganha muito e de quem ganha pouco, isso é profundamente injusto, é o imposto rescessivo pois cobra igual pra todo mundo, tanto faz ser o empresário mais rico como a pessoa mais pobre”, disse Cássio Cunha Lima.

O senador destacou também que a oposição vai apresentar propostas de mudanças em vários setores da Paraíba como segurança, educação e saúde, que segundo ele não estão funcionando, sem conseguir atingir metas básicas.

“Queremos apresentar propostas na saúde, que segue com problemas gravíssimos, na educação, basta ver dois aspectos, a crise profunda na UEPB e o fato do Governo do Estado não atingir sequer as metas do Ideb, sem falar na segurança pública, que dispensa comentários”, revelou.

De acordo com o tucano, a união das oposições para o pleito de 2018 é essencial na tentativa de derrotar o candidato que será apoiado pelo governador Ricardo Coutinho.

Situação no Brasil

Cássio também comentou sobre a situação atual do país e disse que o momento é muito grave, mas que não vem de hoje. Ele afirmou que o momento é de apoiar as investigações da Lava-Jato para, no próximo ano, os brasileiros decidirem o futuro do país nas urnas.

“Por mais incompetente que seja o presidente Michel Temer, como muitos querem atribuir todas essas mazelas a ele, é claro que ele tem uma grande parte nessa responsabilidade, mas hoje cabe a população não desistir do país e a tarefa da classe política, a qual eu faço parte, é de aprovar as reformas que estão em curso para que o Brasil volte a crescer”, afirmou Cássio.

Sobre as investigações em curso no país, como é o caso da Operação Lava-Jato, o senador Cássio disse ser favorável ao prosseguimento dos inquéritos e da condenação dos que realmente cometeram delito e também da absolvição dos que são inocentes.

“Tem que deixar a Lava-Jato continuar, as investigações tem que ter curso, tem que ter sequência, quem tiver responsabilidade que seja punido, quem não tiver culpa que seja absolvido, pra não criar um ambiente de caça às bruxas. Quem é culpado que seja condenado e quem é inocente que seja absolvido, para chegarmos enfim ao próximo ano e decidirmos o futuro presidente do Brasil”, pontuou Cássio Cunha Lima.





Jornal Correio da Paraíba
Foto: Lucas Moreira



Veja mais notícias no www.saovicenteagora.com.br curta o Facebook AQUI siga o Twitter AQUI o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias do dia. Você também pode falar com a redação através do WhatsApp (83) 9 9347 4768

    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário