Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Áudio mostra Aécio irritado com governador após declarações de secretário da Casa Civil


Valdir Rossoni, do Paraná, prometeu exigir saída de Aécio da presidência do PSDB.

Um áudio de gravações telefônicas entre o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) e a irmã dele, Andrea Neves, revelou que os dois se irritaram após um vídeo publicado pelo secretário-chefe da Casa Civil do Paraná, Valdir Rossoni (PSDB-PR). No vídeo, Rossoni afirma estar decepcionado ao ver o nome do senador citado nas delações de executivos da Odebrecht.

No vídeo, publicado em uma rede social em abril deste ano, Rossoni afirma que iria esperar que a Odebrecht apresente provas contra Aécio. O secretário disse que, caso as denúncias contra o senador afastado fossem verdadeiras, Rossoni exigiria a saída dele da presidência do PSDB. O secretário, que preside a legenda no Paraná, também disse que, se Aécio não deixasse a presidência do partido, ele mesmo sairia.

As gravações foram divulgadas pela Justiça durante as investigações referentes à delação de executivos da JBS, que resultaram no afastamento do senador do seu mandato por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

Na conversa, Andrea disse ao senador que ele deveria reclamar com o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB) sobre a situação.

Andrea Neves - Oi

Aécio Neves - Fala

Andrea Neves - É o seguinte: tem um cara babaca do Paraná, que postou, já tá no Uol, lá do Uol do Paraná... Um cara, não sei, acho que secretário do Richa, de que... dando notícia de que você tem conta no exterior, que se você for preso , que ele vai te visitar na cadeia, entendeu? Alô?

Aécio - Hã.

Andrea Neves - Aí, a matéria é "Secretariado já considera...", entendeu? Babaca!

Aécio Neves - Pois é.

Andrea Neves - Então mandei aí, para você dar uma lida, assim que ligar no Richa, esse cara tem que apagar esse troço, colocar um pedido de desculpa. Até mandei uma sugestão aí.

Aécio Neves - Como é o nome do cara, hein?

Andrea Neves - Tá aí no seu WhatsApp, aí.

Após se informar, Aécio entrou em contato com Richa. Mostrando irritação, ele exigiu que o governador obrigasse Rossoni a se desculpar pelo vídeo.
Aécio Neves - Oi, Beto, tudo bem?

Beto Richa - Bem e você?

Aécio Neves - O Beto, o Rossoni enlouqueceu, cara?

Beto Richa - Por que? O que que houve?

Aécio Neves - Puta que o pariu, o cara postou um vídeo, ô Beto, se esse cara não tirar agora, eu que vou expulsar ele do partido amanhã.

Beto Richa - Quem postou?

Aécio Neves - O Rossoni! Fala pra esse cara, ou ele arranca isso aí agora... Entende? Um mal entendido...

Beto Richa - Não... Não é possível...

Aécio Neves - Ou aí acabou entre a gente, cara. É a tua interface.
Em uma outra ligação, Aécio cobra novamente que o governador do Paraná se posicione sobre a declaração de Rossoni. Ele ainda dá orientações a Beto Richa sobre como deve proceder, para minimizar os danos causados pelas declarações de Rossoni.
Beto Richa - O que você quer?
Aécio Neves - Eu não sei, né... sei lá, cara... se não, retira isso e... diz "como houve... tô retirando, porque como houve uma má interpretação", se não isso vira notícia da Folha de São Paulo, te envolve...

Beto Richa - Viraliza já.

Aécio Neves - Ó "em razão da má interpretação do meu vídeo, tô retirando, tô retirando o vídeo". Eu acho que é isso que ele tem que fazer. E uma nota, dizendo o respeito que tem pelos dirigentes do partido, que tudo isso... Tá tudo do mesmo lado, cara,nessa história, pelo amor de Deus.

Apesar dos apelos de Aécio, o vídeo acabou sendo replicado nas redes sociais. Tanto Beto Richa quanto Aécio Neves foram citados em delações de executivos tanto da Odebrecht, quanto da JBS. Porém, embora Richa tenha sido citado na delação da JBS, nem ele, nem Rossoni são alvos de investigações até o momento.
  
Jornal do  Brasil
Foto  reprodução Jornal do  Brasil


Veja mais notícias no www.saovicenteagora.com.br curta o Facebook AQUI siga o Twitter AQUI o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias do dia. 
Você também pode falar com a redação através do WhatsApp (83) 9 9347 476

    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário