Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vereadora de cidade paraibana é agredida durante sessão na câmara


A vereadora Marleide Quintino (PSD) foi agredida durante sessão da Câmara Municipal de Salgado de São Félix, nessa sexta-feira (26). O quebra-quebra começou quando os vereadores de oposição, entre eles a parlamentar agredida, reforçavam as denúncias de irregularidades cometidas pela atual administração da cidade, principalmente casos de nepotismo e de funcionários fantasmas.

Nessa hora, de acordo com o Boletim de Ocorrência feito pela vereadora, o vereador Mario Romero (PSB), junto com o irmão e dois filhos, partiu para agredir o marido de Marleide Quintino, que tentou conter a situação e acabou sendo agredida por um dos filhos do colega de parlamento.

“O nosso trabalho é fiscalizar a gestão pública e os vereadores de situação não admitem que façamos isso. Eu e mais dois colegas da oposição já estávamos sendo ameaçados nas ruas e ontem eles cumpriram com as ameaças e nos agrediram. Essa situação não pode permanecer assim, tenho medo que a próxima ameaça seja de morte”, disse Marleide.

Além do BO, a vereadora também fez exame de corpo de delito para comprovar as agressões sofridas durante a sessão na Câmara Municipal. “Ainda pedi que o presidente da Câmara chamasse a polícia, mas infelizmente nada foi feito”, lamentou a vereadora.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, o marido da vereadora Adriana Suênia também foi agredido pelo vereador Mario Romero, o irmão e os filhos.

Diante da grave situação os vereadores de oposição estão fazendo um apelo às autoridades estaduais uma vez que não se sentem seguros com o policiamento local. Por conta da fragilidade policial da região, os parlamentares prestaram queixa também na Central de Polícia, em João Pessoa.


Correio da Paraíba
Foto reprodução Correio da Paraíba


Veja mais notícias no www.saovicenteagora.com.br curta o Facebook AQUI siga o Twitter AQUI o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias do dia. 
Você também pode falar com a redação através do WhatsApp (83) 9 9347 4768

    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário