Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Apenas dois paraibanos Aguinaldo Ribeiro e Efraim Filho participaram de jantar com Temer


Os deputados federais Aguinaldo Ribeiro (líder do governo na Câmara) e Efraim Filho (líder da bancada do DEM) na Câmara, foram os únicos paraibanos a comparecerem a um jantar organizado pelo presidente Michel Temer (PMDB) na noite de ontem no Palácio da Alvorada para pedir que o Legislativo vote pautas econômicas.

"Nós tivemos uma reunião com a participação expressiva de todos os partidos da base. Tivemos representantes sejam ministros, sejam presidentes de partidos, líderes, que estiveram nessa reunião reafirmando o apoio ao presidente Temer e também atendendo ao pedido dele no sentido de termos o poder legislativo assim como o executivo trabalhando pelo país em sua normalidade. A grande resposta que o legislativo poder dar é trabalhar e avançar naquelas matérias que são de interesse do país e que têm dado respostas positivas ao país. O que está acontecendo no país seja na economia, na recuperação dos indicadores econômicos, são frutos desse trabalho e é preciso que esse trabalho continue", disse Aguinaldo.

De acordo com a Secretaria de Imprensa da Presidência, não houve um objetivo formal para o encontro da noite deste domingo, mas a reunião ocorreu em meio à maior crise política de Temer desde que ele assumiu o governo.

Por volta das 22h deste domingo, o Palácio do Planalto divulgou a lista dos presentes no encontro. De acordo com o documento, compareceram 23 deputados, entre eles o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ); seis senadores, entre eles o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE); e 17 ministros, entre eles o titular da Fazenda, Henrique Meirelles. Também estava presente o presidente da Caixa, Gilberto Occhi.

Presidente "indignado"

Depois da reunião, o líder do governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), afirmou que Michel Temer demonstrou “indignação” com as denúncias feitas pelos donos da JBS. Apesar disso, na avaliação do deputado paraibano, Temer pareceu “animado” a superar a crise.

“O presidente reafirmou de forma contundente a sua indignação nesse momento que está vivendo, mas também está cônscio do compromisso que tem com o país de enfrentar os desafios. Ele se mostrou animado a superar esse momento”, contou Ribeiro.

O líder do governo na Câmara também disse que Temer reafirmou o que já havia dito em pronunciamentos à imprensa: não pretende renunciar.

Ainda segundo o parlamentar, os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), comprometeram-se, na reunião, a manter “a normalidade” dos trabalhos nas Casas que presidem.

Parlamentares da oposição, no entanto, prometem obstruir todas as votações nesta semana e vão cobrar de Rodrigo Maia a abertura de um processo de impeachment de Temer.

Questionado sobre se parlamentares da base estão condicionando o apoio a Michel Temer à análise do pedido de suspensão do inquérito que o investiga no STF, Ribeiro negou essa hipótese.

“Ninguém tratou de apoio condicionado. Os partidos estão compromissados com o país. O Supremo deve cumprir o seu papel, o Executivo e o Legislativo também”, declarou.

O deputado do PP disse ainda que, nesta segunda, líderes partidários na Câmara vão fazer uma reunião com Rodrigo Maia para definir a pauta de votações.


Parlamento PB
Foto reprodução Parlamento PB



Veja mais notícias no www.saovicenteagora.com.br curta o Facebook AQUI siga o Twitter AQUI o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias do dia. 
Você também pode falar com a redação através do WhatsApp (83) 9 9347 4768

    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário