Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Bancada paraibana irá trabalhar para obstruir projeto que reduz números de deputados federais da PB


Projeto foi aprovado na CCJ do Senado ontem e segue para plenário.

O projeto de lei que altera a representação por Estado com base nos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), aprovado ontem na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, deixou a bancada paraibana em alerta. Se aprovado, a Paraíba perderá duas vagas na Câmara dos Deputados, reduzindo de 12 para 10 o número de deputados federais eleitos pela Paraíba.

Embora a matéria ainda tenha uma longa estrada a percorrer, já que precisa passar pelos plenários do Senado e da Câmara, deputados e senadores paraibanos já se mobilizam para obstruir o projeto, que beneficia três estados brasileiros com ampliação da bancada em detrimento de outros quatro, incluindo a Paraíba.

Para o coordenador da bancada paraibana, Benjamin Maranhão (SD), a aprovação do projeto na CCJ foi fruto de uma manobra, já que, segundo Benjamin, a matéria não estava em pauta e foi apresentada de última hora pelo relator e vice-presidente da Casa, Antonio Anastasia (PSDB-MG), sem que houvesse, naquele momento, a presença de nenhum senador dos estados prejudicados.

“É muito injusto. Baixar a bancada paraibana para 10 vai deixar a Paraíba próximo de Estados como o Acre, que tem pouco mais de 400 mil eleitores, enquanto a Paraíba tem mais de dois milhões. Não tem cabimento isso. Nossa bancada vai reagir e acredito que dificilmente vai prosperar. Sou membro da CCJ da Câmara e certamente vou  trabalhar de todas as formas para obstruir isso”, disse o líder da bancada.

O deputado Damião Feliciano (PTB) também condenou a aprovação da matéria e ressaltou várias perdas para o Estado: “Só em emendas individuais é uma perda de R$ 30 milhões por ano, fora os outros recursos e a representatividade. Isso não é bom para a Paraíba. Nós já vencemos essa discussão uma vez e acredito que naturalmente a gente vai conter essa sangria mais uma vez”, disse.

O senador Raimundo Lira (PMDB) reforçou que o projeto é altamente prejudicial aos interesses da Paraíba, representando um grave prejuízo a representatividade política do Estado. “Não é um projeto republicano, é um projeto de interesse pessoal de alguns Estados. No momento a tendência é de rejeição e acredito que vai aumentar o grau de rejeição no plenário do Senado”, disse.

O deputado Efraim Filho (DEM) também ressaltou o prejuízo que o projeto pode trazer para o Estado, mas disse que não acredita na aprovação da matéria. “Acredito que o remanejamento dificilmente aconteceria porque não é simplesmente reduzir o numero de deputados, mas fazer com que outros estados ganhem deputados em detrimento da Paraíba e de outros Estados. Então se a linha fosse a diminuição de todos, seria uma coisa, mas só o remanejamento para ajudar outros estados, prejudicando o nosso, complica. Considero muito difícil que esse tema prospere”, disse.


Blog do Gordinho
Foto reprodução internet 


Veja mais notícias no www.saovicenteagora.com.br curta o Facebook AQUI siga o Twitter AQUI o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias do dia. Você também pode falar com a redação através do WhatsApp (83) 9 9347 4768

    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário