Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Operação 'Savitar' realizada pela PRF combate excessos de velocidades na PB

 
ASCOM
Foto reprodução ASCOM


Foi realizada na manhã deste sábado (18)  a Operação Savitar, cujo objetivo foi flagrar condutores que abusam da velocidade durante sua viagem. A fiscalização contou com três equipes de monitoramento, flagrou 208 infratores e abordou aqueles que dirigiam com velocidade acima do permitido. Todos os casos foram registrados na BR 101.

SAVITAR – O nome da operação foi inspirado em uma divindade hindu. Savitar é o deus hindu da velocidade e do movimento. O nome foi parar nas histórias em quadrinhos, onde tornou-se o vilão que rivaliza com o personagem Flash.

Desestimular o excesso de velocidade, que vários motoristas insistem em praticar nas rodovias é o fim de operações como esta. Realizar abordagens aos condutores infratores e orientá-los sobre os riscos que correm ao decidir imprimir, na via, uma velocidade incompatível é um dos meios mais eficientes. A ação faz parte do calendário anual de operações da PRF e está inserida na programação que antecede a Operação Carnaval prevista para iniciar próximo dia 24.

Normalmente quando há fiscalização de velocidade não há a abordagem do condutor, que só posteriormente recebe a notificação no endereço cadastrado para o veículo. A estrutura da operação foi baseada na fiscalização em três pontos sequenciados. No primeiro e segundo pontos, equipes operaram radares móveis de forma sequenciada, isto é, postos a alguns quilômetros de distância um do outro, mas no mesmo sentido. 

No último ponto, outra equipe realizou as abordagens e fiscalizou os veículos, já  procedendo as orientações de educação para o trânsito. Ou seja, nesse tipo de comando, que será o mesmo a ser empregado na Operação Carnaval, o condutor pôde ser flagrado mais de uma vez na mesma viagem em excesso de velocidade.

Durante a ação de hoje motoristas foram flagrados trafegando a mais de 100 km/h. Para o condutor que excede a velocidade máxima permitida em acima de 50% deverá arcar com uma multa no valor de R$ 880,29 além de ter sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa. Ano passado, 373 condutores cometeram essa infração e terão suas CNHs suspensas. 

Observando o período relativo às seis primeiras semanas de 2016 em relação a 2017, percebeu-se uma redução de aproximadamente 25% no número de imagens, mantendo-se a mesma quantidade de fiscalizações nesse sentido. Podemos atribuir essa visível redução como reflexo das fiscalizações realizadas de forma sistemática no ano anterior, onde os condutores foram autuados por excesso de velocidade. 

A partir do momento em que os motoristas infratores recebem as notificações em seus endereços (alguns deles recebem mais de uma por terem sido flagrados em pontos diferentes no mesmo trecho e no mesmo dia), o comportamento tende a mudar, isto é, eles costumam viajar com mais prudência e, por isso, o número de flagrantes sofre queda. E é justamente esta queda que sinaliza o objetivo destas ações, a redução de acidentes relacionados ao excesso de velocidade, que, em geral, são gravíssimos.



Veja mais notícias no www.saovicenteagora.com.br curta o Facebook AQUI siga o Twitter AQUI o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias do dia. Você também pode falar com a redação através do WhatsApp (83) 9 9347- 4768



    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário