Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Segurança nas divisas da PB com RN são reforçadas para evitar rebeliões em presídios

 
Mais PB
Foto reprodução Mais PB


As forças de Segurança da Paraíba – Polícias Civil, Militar e Corpo de Bombeiros – estão trabalhando de maneira integrada com as forças de segurança do Rio Grande do Norte a fim de reforçar as ações de enfrentamento às ocorrências envolvendo o Sistema Penitenciário. O objetivo é identificar presos que estejam praticando delitos dentro e fora dos presídios (semi-aberto).

Segundo o secretário executivo da Segurança e da Defesa Social da Paraíba, Jean Nunes, existe um planejamento operacional articulado, que envolve não só prevenção e repressão qualificadas, como também participação de todo o sistema de Inteligência estadual, o qual abrange inclusive o Sistema Penitenciário da Paraíba.

“Há uma articulação entre as duas secretarias e os estados para antecipar ações de prevenção, além das operações que a Polícia já vem fazendo, identificando presos que estão praticando crimes de dentro do presídio ou aqui fora. Além disso, a Paraíba ainda tem desenvolvido ações de reforço de policiamento nas divisas, o que resultou na prisão de dois fugitivos de Alcaçuz hoje na cidade de São Bento. O estado vizinho também conta com a colaboração do nosso Instituto de Polícia Científica (IPC) no que for necessário”, explicou Jean Nunes, que embarcou para Brasília (DF), a fim de participar de uma reunião com o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, nesta terça-feira (17).

“Nesse encontro, queremos entender como vai acontecer o funcionamento dos núcleos estaduais de Inteligência, propostos pelo Ministério da Justiça, assim como sua estruturação. Nesse sentido, a Paraíba já saiu na frente, pois desde 2014 a Lei 10.338 já integra o nosso Sistema de Inteligência, com a participação do Sistema Penitenciário”, concluiu.


Veja mais notícias no www.saovicenteagora.com.br curta o Facebook AQUI siga o Twitter AQUI o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias do dia. Você também pode falar com a redação através do WhatsApp (83) 9 9347- 4768




    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário