Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

TCE afirma que prefeitos podem ser processados por não repassarem informação durante transição

Resultado de imagem para transição de governo
Blog do Gordinho
Foto ilustrativa da internet


Prazo para o repasse dessas informações terminou no último dia 30 de novembro e muitos prefeitos não seguiram a recomendação do órgão.

O presidente interino do Tribunal de Contas do Estado (TCE), André Carlo Torres, alertou para a possibilidade de serem instaurados processos por improbidade administrativa contra os prefeitos que não estiverem repassando as informações aos novos gestores por meio da transição. O prazo para o repasse dessas informações terminou no último dia 30 de novembro e muitos prefeitos não seguiram a recomendação do TCE.

Nós temos recebido visitas de prefeitos que alegam dificuldade em informações. O gestor é obrigado dar essas informações e ele pode ser processado por improbidade administrativa se não o fizer”, destacou o presidente interino. Entre outros documentos e informações que os atuais prefeitos deverão dispor, estão os balancetes mensais e relações dos compromissos financeiros de longo prazo, decorrentes de contratos de execução de obras e serviços, consórcios, convênios e outros, caracterizando o que já foi pago e o saldo a pagar.

Para o presidente da Federação das Associações dos Municípios da Paraíba (Famup), Tota Guedes, os novos gestores já iniciarão 2017 com dívidas e que necessitam saber os valores que estarão comprometidos com as obrigações. “Essa transição é necessária e é devida para o gestor que vai iniciar o mandato a partir de janeiro. São informações necessárias para iniciar o ano com ações para que não se tenham problemas de continuidade”.

Veja mais notícias no www.saovicenteagora.com.br curta o Facebook AQUI siga o Twitter AQUI o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias do dia. Você também pode falar com a redação através do WhatsApp (83) 9 9347- 47





    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário