Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Adolescente foge com vizinho de 60 anos e acaba sendo estuprada

istock 
Metrópoles
Foto reprodução Metrópoles


Homem de 60 anos está preso e pode ser condenado a 15 anos de prisão. Menina foi trazida pela mãe a Planaltina, onde a família mora.

A Polícia Civil do Distrito Federal confirmou, nesta sexta-feira (9/12), que a garota de 12 anos, moradora de Planaltina, encontrada em Palmas (TO) acompanhada de um vizinho de 60, foi abusada sexualmente pelo idoso. Segundo a corporação, Carlos Augusto Pierre de Oliveira responderá pelo crime de estupro de vulnerável, aplicado a quem mantém relação sexual com menor de 14 anos, mesmo nos casos em que o ato é consentido. Se condenado, ele pode pegar até 15 anos de cadeia.

O crime teria acontecido no dia 6 de dezembro, logo após os dois fugirem do Distrito Federal para Tocantins. De acordo com a polícia de Palmas, por enquanto, o que se sabe é que a relação teria ocorrido uma única vez, na noite em que os dois ficaram hospedados em uma pousada da cidade. Agora, caberá à Polícia Civil do Distrito Federal investigar se houve estupro antes, quando eles estavam em Planaltina.

A garota e a mãe voltaram de Tocantins na noite de quinta-feira (8). Nesta sexta (9), as duas serão ouvidas pelos delegados da 16ª Delegacia de Polícia, de Planaltina. Perguntada se havia conversado com a filha, a mulher disse apenas que “agora fará de tudo para que a criança se recupere e fique bem.”

Entenda o caso

A adolescente desapareceu de casa na noite de segunda-feira (5). No dia seguinte, a mãe registrou uma ocorrência na 31ª DP (Planaltina). Ela também procurou a CPI da Pedofilia da Câmara Legislativa, por já desconfiar das intenções do então vizinho Carlos Augusto. Segundo ela, os dois tinham conversas reservadas e “troca de olhares”.

No quarto da garota foi encontrado um bilhete que confirmava as suspeitas da mãe: “fui em busca da felicidade com a pessoa que mais amo”. Com a ajuda da CPI, a Polícia Federal encontrou o homem e a menina em uma pousada em Palmas. Carlos Augusto foi detido e a criança entregue para a mãe, que retornou a Brasília. O idoso continua preso na capital de Tocantins.

Veja mais notícias no www.saovicenteagora.com.br curta o Facebook AQUI siga o Twitter AQUI o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias do dia. Você também pode falar com a redação através do WhatsApp (83) 9 9347- 47




    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário