sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Servidores com salários atrasados, trancam prefeitura da PB para impedir repasse de duodécimo

 
Click PB
Fotos reprodução Catolé News


Os servidores e funcionários municipais impediram a entrada de qualquer pessoa na prefeitura como uma forma de protesto contra os vereadores da cidade.

A prefeitura de Catolé do Rocha, no Sertão do estado, amanheceu fechada por correntes e cadeados na manhã desta sexta-feira (18). De acordo com informações, os servidores e funcionários municipais impediram a entrada de qualquer pessoa na prefeitura como uma forma de protesto contra os vereadores da cidade.

Com os salários atrasados por falta de pagamento, os servidores culpam os vereadores da cidade pelo fato. Os vereadores rejeitaram um pedido de suplementação que a prefeitura havia feito com o intuito de realizar o pagamento da folha.

A queda de braço entre Prefeitura e Câmara de Vereadores tem se arrastado há algum tempo. Os servidores e funcionários municipais se sentiram prejudicados e fecharam as portas da prefeitura exatamente no dia em que deveria ser feito o repasse do duodécimo para a Câmara Municipal.

Já que estão com os salários atrasados, os servidores querem que os vereadores sintam também na pele como é ficar sem dinheiro. Ainda na próxima semana, a prefeitura deve enviar um novo projeto de suplementação de crédito para ser analisado pela Câmara.



Veja mais notícias no www.saovicenteagora.com.br curta o Facebook AQUI 
siga o Twitter AQUI o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique 
atualizado com as principais notícias do dia. Você também pode falar com a 
redação através do WhatsApp (83) 9 9347- 476 




Nenhum comentário:

Postar um comentário