segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Polícia prende 2 ex-PMs fardados que transportavam valores na PB

 
Click PB
Foto: Walla Santos


Um sargento reformado da Polícia Militar, de 61 anos, e um ex-policial militar de 64, que foi expulso da corporação, foram flagrados transportando dinheiro de uma rede de farmácias para depositar no banco.

Um sargento reformado da Polícia Militar, de 61 anos, e um ex-policial militar de 64, que foi expulso da corporação, foram presos nesta segunda-feira (21), no bairro Severino Cabral, em Campina Grande, com armas ilegais e usando fardamento da Polícia Militar da Paraíba. Ele foram flagrados fardados e armados, fazendo o transporte particular de valores de uma rede de farmácias no município. Uma das fardas usadas era de um policial que já morreu.

Com o sargento reformado Iran Pereira e o ex-policial militar Jorge Sousa da Costa foram apreendidas três armas irregulares, sendo uma de calibre 380, de uso restrito, alterada para ser uma 9 milímetros, um revólver calibre 38 com restrição de roubo e ainda uma outra arma sem registro.

De acordo com o Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop) em Campina Grande, o flagrante aconteceu depois que um morador acionou a polícia, informando que havia homens com armas em punho, mas não eram policiais. A denúncia foi investigada e confirmada pelo serviço de inteligência do 2º Batalhão da PM.

Na abordagem feita pela PM, a equipe flagrou os falsos policiais usando um carro da empresa, fardas da polícia e três armas de fogo.

Com o suspeito de 64 anos, que havia sido expulso da corporação, a polícia apreendeu uma farda da Polícia Militar que pertencia a um policial que já morreu, uma pistola de calibre 380, com munições adaptadas para 9 milímetros, e o revólver calibre 38 com restrição. Com o policial aposentado de 61 anos foi encontrado um revólver.

De acordo com a Polícia Militar, os dois policiais faziam serviço particular de transporte de valores para a rede de farmácia, utilizando um carro da empresa para recolher o dinheiro das unidades da empresa para levar e depositar em uma agência bancária.

Os suspeitos foram levados para a 4ª Delegacia Distrital de Polícia, no bairro Malvinas. O policial que havia sido expulso da corporação foi encaminhado para o presídio Raymundo Asfora, Serrotão, em Campina Grande. Segundo o Ciop, ele foi expulso há muitos anos da PM e é ex-presidiário.

Quando ao policial reformado, segundo a PM, foi encaminhado para o 2º Batalhão de Polícia Militar, onde vai ficar preso. Eles foram autuados por porte ilegal de arma, receptação e exercício irregular da profissão.

Veja mais notícias no www.saovicenteagora.com.br curta o Facebook AQUI 
siga o Twitter AQUI o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique 
atualizado com as principais notícias do dia. Você também pode falar com a
redação através do WhatsApp (83) 9 9347- 476 



Nenhum comentário:

Postar um comentário