segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Menina que emocionou em foto mostrando a ‘escuridão do câncer infantil’, acaba morrendo

Jessica tinha 4 anos
Extra Online
Fotos reprodução Extra Online


Morreu neste domingo a menina Jessica Whelan, de 4 anos, que virou um símbolo da luta contra o câncer infantil depois que seu pai, Andrew, publicou fotos dela em sofrimento durante o tratamento. A família divulgou a notícia no Facebook, acrescentando que a menina “descansou”.

A foto publicada pelo pai simbolizou a “escuridão que é o câncer infantil”, e retratava a dor da menina que tinha um neuroblastoma, um tipo agressivo de câncer do sistema nervoso que afeta principalmente bebês e crianças pequenas. “Eu sinto tristeza e alívio em informar a todos que Jessica finalmente encontrou a paz às 7h da manhã. Não tem mais sofrimento, e ela não sente a dor das limitações físicas de seu corpo”, escreveu o pai.

A família conseguiu arrecadar mais de R$ 300 mil para o tratamento da menina e, agora, o dinheiro será doado para pesquisas sobre a doença.

Ao publicar a imagem chocante da filha, o pai escreveu que ela tinha apenas algumas semanas de vida. E a foto foi feita no momento em que os pais não poderiam oferecer nenhum conforto para a menina. “Talvez, ao ver esta foto as pessoas que não estão na nossa posição serão sensibilizados para a escuridão que é o cancer da infância, talvez essas mesmas pessoas possam ser capazes de fazer algo sobre isso para que, no futuro, nenhuma criança tenha que sofrer esta dor, de modo que nenhum pai tem que testemunhar a sua própria carne e sangue se deteriorando diariamente”, escreveu.


A menina Jessica Whelan morreu aos 4 anos vítima de um câncer
Foto publicada pelo pai simbolizou a “escuridão que é o câncer infantil”


Veja mais notícias no www.saovicenteagora.com.br curta o Facebook AQUI 
siga o Twitter AQUI o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique 
atualizado com as principais notícias do dia. Você também pode falar com a

redação através do WhatsApp (83) 9 9347- 476 




Nenhum comentário:

Postar um comentário