quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Governo do Estado não repassa recursos e SAMU pode parar em toda a Paraíba

 
Paraíba Rádio Blog
Foto reprodução Paraíba Rádio Blog


Praticamente há um ano, o Governo do Estado não repassa recursos ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) na Paraíba.

Na tribuna da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Renato Gadelha, denunciou o descaso e a omissão com um dos serviços de maior importância da saúde pública brasileira, que pode entrar em colapso e parar de funcionar por completo, caso permaneça sem os recursos financeiros “sonegados” pelo estado.

Segundo o deputado, o município de Campina Grande já acumula um saldo superior a R$ 4 milhões. Sousa, no Sertão paraibano, já soma R$ 800 mil. - Isso penaliza a administração municipal que tem que trazer recurso de outra fonte para complementar a atividade do SAMU. - disse o deputado.



Veja mais notícias no www.saovicenteagora.com.br curta o Facebook AQUI 
siga o Twitter AQUI o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique 
atualizado com as principais notícias do dia. Você também pode falar com a
redação através do WhatsApp (83) 9 9347- 476 



2 comentários:

  1. Peraê? Isso não é da competência do governo federal e do município onde o samu atua não? Até onde eu sei são dessas duas competências a assistência da instituição.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado por sua opinião em nossa postagem, mas o SAMU é tripartite, o que quer dizer: união, estados e municípios.

    ResponderExcluir