sábado, 15 de outubro de 2016

Justiça permite casamento poliafetivo de homem com duas mulheres

 
Diário do Sertão com O Popular
Foto reprodução Diário do Sertão


No Rio de Janeiro, ocorreu um caso bem inusitado, entre um funcionário público conhecido por Leandro Joannattan da Silva Sampaio, de 33 anos, a dona de casa Thais Souza de Oliveira, de 21, e a estudante de técnica em enfermagem, Yasmin Nepomuceno da Cruz, de 21 anos, são casados oficialmente. Marcando-se como o primeiro casamento poliafetivo permitido judicialmente no Estado Carioca.

Segundo informações do jornal O Globo, os três companheiros hoje moram em uma casa de só um quarto, mas pretende aumentar a família: Yasmin quer ter um filho e pretende colocar todos os sobrenomes na certidão de nascimento da criança.

O caso, entretanto, não é inédito no Brasil: em São Paulo, na cidade de Tupão, a justiça reconheceu outro casamento entre um homem e duas mulheres em 2012.

Veja mais notícias no www.saovicenteagora.com.br curta o Facebook AQUI siga o Twitter AQUI o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias do dia. Você também pode enviar informações para a redação através do WhatsApp (83) 9 9347- 4768






Nenhum comentário:

Postar um comentário