sábado, 24 de setembro de 2016

Soledade - PB: Vítima assassinada a tiros não era agente penitenciário

Heleno Lima
Foto reprodução Heleno Lima


Soledade (PB) - O homem assassinado a tiros na noite da última quinta-feira (22) na casa da namorada próximo ao estádio "O Baianão", zona oeste da cidade, foi identificado como Daniel.

De acordo com informações, Daniel não era agente penitenciário, apesar de usar uma farda do sistema prisional e portar uma arma de fogo no momento em que foi morto.

O portal apurou que Daniel tinha um lava jato no bairro Presidente Medici, zona sul da cidade de Campina Grande - PB, mais precisamente nas proximidades do colégio Estadual Raul Córdula.

Além disso, ele vendia produtos químicos em João Pessoa e vinha esporadicamente a Soledade, onde tinha uma namorada.

Informações dão conta que o crime foi cometido por duas pessoas que chegaram em uma motocicleta e executaram Daniel que estava sentado em uma cadeira na casa da namorada.

A Polícia Civil vai investigar a partir de agora o crime e a sua possível motivação.

Veja mais notícias no www.saovicenteagora.com.br curta o Facebook AQUI siga o Twitter AQUI o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias do dia. Você também pode enviar informações para a redação através do WhatsApp (83) 9 9347- 4768





Nenhum comentário:

Postar um comentário