segunda-feira, 11 de julho de 2016

Você sabia? É crime fotografar, filmar e compartilhar imagens de vítimas fatais em acidentes

 
PB Agora
Foto: Luiz Carlos Murauskas


Basta um acidente de trânsito acontecer para que se formem longas filas de carros, atrapalhando o trânsito. Muitos dos motoristas destes carros, utilizando das novas tecnologias móveis disponíveis nos dias atuais se aproveitam para fotografar e até filmar o acidente.

O que acontece é que o ato é perigoso e muitas vezes pode ser considerado crime.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, quando as pessoas param para filmar e fotografar o acidente atrapalham o atendimento do resgate e em caso de morte o trabalho dos peritos além do trabalho da própria PRF que tem que elaborar um boletim do acidente.

Veja mais notícias no www.saovicenteagora.com.br curta o Facebook AQUI  siga o Twitter AQUI o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias do dia. Você também pode enviar informações para a redação através do WhatsApp (83) 9 9347- 4768

Ainda segundo a PRF se o motorista estacionar em uma das faixas pode perder 7 pontos na carteira e levar multa de R$ 191,54, a infração é considerada gravíssima. Se ele fica parado na pista perde 5 pontos, pode pagar multa de R$ 127 pela infração que é considerada grave.

Também é considerada infração o ato de estacionar no acostamento, a ação rende 3 pontos na carteira e multa de R$ 54.

Mas, além de infringir o código de trânsito, filmar, fotografar e compartilhar fotos e vídeos de acidentes que envolvem vítimas fatais, é considerado crime segundo o Código Penal que caracteriza o ato como vilipêndio de cadáver e quem comete tal crime pode responder uma ação penal. A pena pode chegar a três anos de detenção em regime aberto e em caso de reincidência a pessoa pode ser presa em regime fechado. 






Nenhum comentário:

Postar um comentário