sexta-feira, 20 de maio de 2016

Polícia prende vereador do interior da PB acusado de mandar matar namorado da filha

 
Jornal da Paraíba
Foto ilustrativa da internet


Normaélio de Lima Rodrigues nega envolvimento em crime. Suposto autor dos disparos foi detido com rifle, munição e carro clonado.

Em cumprimento a três mandados de prisão preventiva expedidos pelo juiz Gustavo Camacho, da Comarca de Teixeira, uma ação integrada das polícias Civil e Militar prendeu, nesta sexta-feira (20), o vereador do município de Maturéia, no Sertão da Paraíba, Normaélio de Lima Rodrigues (PSDB). O parlamentar é acusado de mandar matar Welton Victor Lima, 17, que namorava com sua filha. Junto com Normaélio foram detidos Wesley Tavares de Sousa e José Inácio Rodrigues de Lima.

Veja mais notícias no www.saovicenteagora.com.br curta o Facebook AQUI  siga o Twitter AQUI o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias do dia. Você também pode entrar em contato com a redação através do WhatsApp 9 9347- 4768

O delegado Diego Beltrão, designado em caráter especial para o caso, ouviu o trio na Delegacia de Homicídios e Entorpecentes de Patos. “Eles negaram envolvimento no crime, mas as investigações apontam para a participação deles no assassinato de Welton, em 2004”, explicou Diego, informando que os suspeitos ficarão presos durante 30 dias, em Teixeira.

Segundo o delegado, em poder de Inácio foi apreendido um rifle calibre 44, além de diversas munições e um carro clonado. De acordo com a polícia, Inácio Rodrigues, que é sobrinho do vereador Normaélio de Lima, foi o autor material do crime. A defesa dos acusados vai pedir o relaxamento da prisão.







Nenhum comentário:

Postar um comentário