sexta-feira, 6 de maio de 2016

Polícia prende pai acusado de estuprar filhas de 6 e 12 anos, na PB

Portal Correio
Foto reprodução Jacumã Acontece


Segundo a polícia, suspeito ainda induzia filho mais velho, que tem HIV, a também violentar as meninas.

Um homem foi preso, na manhã desta sexta-feira (6), suspeito de abusar sexualmente das filhas, de seis e 12 anos, na cidade do Conde, na Grande João Pessoa.

De acordo com o delegado Luiz Eduardo, da Polícia Civil, os abusos começaram quando a filha mais velha tinha cinco anos. Já a menor, sofreu a primeira violência aos quatro, pelo irmão mais velho, que, na época, tinha 16 anos. A polícia suspeita que ele também tenha abusado da outra irmã. Ainda conforme o delegado, o rapaz cometia os atos libidinosos sob orientação do pai. O jovem é soropositivo e as meninas vão passar por exames para saber se foram infectadas pelo vírus HIV. O pai não teria chegado a abusar da menina mais nova, segundo o delegado.

Veja mais notícias no www.saovicenteagora.com.br curta o Facebook AQUI  siga o Twitter AQUI o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias do dia. Você também pode entrar em contato com a redação através do WhatsApp 9 9347- 4768

"As meninas não moravam mais com os pais. Elas reclamavam que o pai era muito violento e foram morar com uma tia em João Pessoa, que as acolheu bem. Mas, regularmente iam visitar os pais na casa no Conde e os abusos voltavam a acontecer", disse Luiz Eduardo.

Segundo o delegado, a polícia desvendou o crime após denúncias de conselheiros tutelares que atenderam as meninas. A autoridade policial disse ainda que não houve rompimento de hímen, mas análise pericial comprovou fissuras anais nas duas crianças. "O suspeito confessou ter feito carícias, passado a língua no órgão sexual das meninas e tentado penetração. Ele se diz arrependido. Já a esposa alega nunca ter tido conhecimento sobre os abusos", completou.

Por ser menor de idade na época em que os abusos ocorreram, o irmão das meninas não foi preso e vai responder pelos atos em liberdades. Já o pai delas foi autuado por estupro de vulnerável e ficará preso na Cadeia Pública de Alhandra.





Nenhum comentário:

Postar um comentário