sexta-feira, 6 de maio de 2016

Polícia prende dupla acusada de fazer arrastão próximo a shopping de CG

G1 PB
Fotos: reprodução Facebook/Márcio Rangel


Assaltantes roubaram clientes e arma de vigilante, diz PM.

Homens foram flagrados com carros roubados e objetos das vítimas.

Dois homens foram presos, em flagrante, após um arrastão em frente a um shopping no bairro do Catolé, em Campina Grande, no Agreste paraibano. Com eles a Polícia Militar apreendeu três veículos roubados, grampos, celulares e quatro armas de fogo. O roubo aconteceu na noite desta quinta-feira (5). Outros dois suspeitos conseguiram fugir por um matagal.

Segundo as informações do Centro Integrado de Operações da Polícia Militar (Ciop), era por volta das 21h30, quando os quatro homens pararam em frente ao shopping em um veículo Fiat Idea de cor preta.

Veja mais notícias no www.saovicenteagora.com.br curta o Facebook AQUI  siga o Twitter AQUI o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias do dia. Você também pode entrar em contato com a redação através do WhatsApp 9 9347- 4768

Eles renderam o vigilante que fica na entrada do estabelecimento e tomaram um revolver calibre 38. Os homens também roubaram dinheiro e celulares de clientes que estavam em frente a porta de acesso ao estabelecimento. Nada foi levado do shopping.

Depois da ação, os quatro suspeitos fugiram em direção a zona leste da cidade, mas a Polícia Militar  conseguiu interceptar o grupo no sítio Cardoso. Dois dos suspeitos foram presos e outros dois fugiram por um matagal. Com eles, os policiais encontraram quatro revólveres, sendo um deles o do vigilante, além de celulares, cerca de R$ 1 mil e três carros com restrição de roubo. Entre os veículos estava o Idea usado no roubo, além de um Celta e um Uno.

Os suspeitos, materiais e veículos apreendidos foram encaminhados para a Central de Polícia Civil. Os donos dos veículos roubados foram informados sobra a recuperação. Até 6h50 desta sexta-feira (6), os outros dois suspeitos não foram presos.




Nenhum comentário:

Postar um comentário