sexta-feira, 13 de maio de 2016

Ônibus com estudantes universitários é assaltado em Campina Grande próximo à UEPB

G1 PB
Foto reprodução G1 PB


Dupla roubou alunos e agrediu duas vítima. Estudantes estão com medo.

Um ônibus que faz o transporte de estudantes da cidade de Aroeiras para Campina Grande, no Agreste paraibano, foi assaltado na noite desta quinta-feira (12). O veículo foi interceptado por dois homens armados, no momento em que estava entrando no campus da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), no bairro Bodocongó, em Campina Grande.

Segundo a Polícia Militar, cerca de 50 alunos tiveram celulares, dinheiro e até cadernos roubados pelos dois homens. O roubo aconteceu no início da noite em uma estrada de terra que dá acesso ao campus.

“Colocaram as duas armas, me obrigaram a abrir a porta do ônibus e levaram dinheiro de vários alunos. Eles ainda agrediram uma menina e um rapaz. Levaram os celulares e ameaçavam atirar na cabeça.”, disse o motorista do ônibus Drei Barros. Os homens fugiram por um matagal, depois do roubo.

Veja mais notícias no www.saovicenteagora.com.br curta o Facebook AQUI  siga o Twitter AQUI o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias do dia. Você também pode entrar em contato com a redação através do WhatsApp 9 9347- 4768

Os estudantes, que precisam viajar todos os dias para assistir aulas, estão assustados e temem novas ações. “Eles agrediram duas pessoas que estavam sentadas na frente. O homem que ficou na frente estava muito agressivo e dizia palavras de baixo calão por todo o momento. Aconteceu hoje com a gente e no futuro pode acontecer de novo com a gente ou com outros estudantes”, disse a estudante Jacksline Silva

Por conta do assalto, os alunos não assistiram as aulas na noite desta quinta-feira (12), pois precisaram ir até a Central de Polícia Civil, no bairro do Catolé, em Campina Grande para prestar boletim de ocorrência. Depois disso eles voltaram para a cidade de Aroeiras. Segundo o Centro Integrado de Operações da Polícia Militar (Ciop), foram realizadas rondas, mas ninguém foi preso.






Nenhum comentário:

Postar um comentário