terça-feira, 24 de maio de 2016

Equipe de enfermagem de hospital de cidade do Seridó paraibano pode ser interditada pelo COREN

 
Heleno Lima
Foto ilustrativa da internet



O presidente do Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba (COREN/PB), Ronaldo Beserra, lamentou profundamente o descaso da atual gestão municipal com relação ao hospital da cidade de Juazeirinho no Seridó paraibano.

Após o fatídico incidente que ocorreu no hospital no último domingo (22) à noite, quando uma mulher, indignada devido a falta de médico de plantão, promoveu um quebra quebra no local, ele ameaçou interditar a equipe de enfermagem de trabalhar na ausência de médico, o que ocorre quase que diariamente.

Veja mais notícias no www.saovicenteagora.com.br curta o Facebook AQUI  siga o Twitter AQUI o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias do dia. Você também pode enviar informações para a redação através do WhatsApp 9 9347- 4768

Segundo Ronaldo, mesmo após o COREN/PB já ter fiscalizado e encaminhado ao Ministério Público Estadual (MPE), a situação do hospital de Juazeirinho, nada foi resolvido pela gestão municipal.

"Será que vamos ter que aguardar morrer algum profissional para as providências serem tomadas? O Coren/PB irá interditar a equipe de enfermagem de exercer suas atividades quando da ausência do profissional médico no hospital, pois a população, revoltada com a situação caótica que se encontra, põe em risco a vida da equipe de enfermagem e dos usuários em atendimento pela enfermagem", pontua o presidente do Coren/PB.







Nenhum comentário:

Postar um comentário