quinta-feira, 28 de abril de 2016

Se não negociarem débitos prefeituras Paraíba terão água cortada pela CAGEPA

Click PB
Foto ilustrativa da internet


Corte de água em Campina Grande foi suspenso aguardando acordo. Débito é de R$ 60 milhões e negociação deve acontecer nesta sexta-feira.

A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) suspendeu o corte de água que estava previsto para esta quinta-feira (28) na Prefeitura de Campina Grande. A suspensão ocorreu porque a PMCG procurou a Cagepa nesta quarta-feira (27) e agendou uma reunião para esta sexta-feira (29), às 9h. O diretor Comercial da Cagepa, Marinaldo Gonçalves, vai até Campina Grande. No entanto, caso não haja acordo, a prefeitura ainda pode ter sua água cortada. O débito da Prefeitura campinense é de R$ 60 milhões.

Veja mais notícias no www.saovicenteagora.com.br curta o Facebook AQUI  siga o Twitter AQUI o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias do dia. Você também pode entrar em contato com a redação através do WhatsApp 9 9347- 4768

O município de Santa Rita, que teve a água cortada nesta terça-feira (26), teve o abastecimento religado ontem, em função da negociação de parte da dívida, inclusive com valores a serem creditados na conta da Cagepa nesta sexta-feira (29) como entrada do parcelamento. O débito da Prefeitura de Santa Rita é algo em torno de R$ 14,5 milhões.

Outras cidades também correm o risco de ter a água cortada por inadimplência. De acordo com a Cagepa, estão nesta situação cidades como Salgado de São Félix, Itabaiana, Pilar, Malta, Condado, Bayeux, Rio Tinto, Imaculada e Duas Estradas.

"Entretanto, após serem notificadas pela Cagepa, essas prefeituras já acionaram a Cagepa e se prontificaram a negociar os débitos", informou a empresa.

O montante total das 102 prefeituras em débito com a Cagepa era de aproximadamente R$ 160 milhões, tendo cerca de 70% já procurado a empresa para negociação.





Nenhum comentário:

Postar um comentário