segunda-feira, 18 de abril de 2016

São Vicente do Seridó - PB: População dá o último adeus a motorista de ônibus escolar

Fotos São Vicente Agora



São Vicente do Seridó - PB: Em clima de muita comoção a cidade de São Vicente do Seridó, localizada no Seridó paraibano, parou na tarde do último sábado 16, para prestar sua última homenagem a João Batista de Oliveira, de 64 anos, conhecido Batista.

Batista era funcionário público aposentado e durante muitos anos foi motorista de ônibus escolar, no qual transportou centenas de alunos, sendo o pioneiro a transportar universitários para Campina Grande - PB.

Um homem simples, humilde, de um carisma elevado, Batista era muito querido pela população sãovicentina/seridoense. Embora não fosse professor, mas muito contribuiu para a educação do município.

Curta o Facebook AQUI  siga o Twitter AQUI  e o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias da região

O anuncio da morte de Batista foi divulgado primeiro no grupo de WhatsApp São Vicente Agora e os internautas ficaram surpresos com o falecimento repentino de uma pessoa tão querida.

Batista, que era cardiopata, passou mal na manhã da última quinta feira 15, e foi socorrido pelo SAMU da cidade para o Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande - PB.

Por volta de 14h40min foi anunciada sua morte. Segundo parentes da vítima, os médicos diagnosticaram a causa morte como sendo uma pneumonia desenvolvida devido à complicações provocadas pela Insuficiência Cardíaca Congestiva (ICC).

O velório aconteceu na residência da vítima, em frente ao antigo campo de futebol. O cortejo saiu às 16 horas com destino à Igreja Católica, seguido por uma multidão e vários ônibus da prefeitura da cidade.

Por onde o cortejo passava as pessoas saudavam o amigo com salva de palmas. Um carro de som tocou a música Meu Velho Pai, interpretada pelo Padre Alessandro Campos, até o cemitério da cidade.


Clique nas fotos para ampliar as imagens 




João Batista de Oliveira, tinha 64 anos e
 era muito querido pela população
(Foto arquivo pessoal) 






Nenhum comentário:

Postar um comentário