Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Morre em Campina Grande adolescente que estava grávida com suspeita de H1N1

G1 PB
Foto ilustrativa da internet


Parto do bebê teve que ser antecipado e ele nasceu bem.

Ela passou por várias unidades de saúde e ninguém percebeu os sintomas.

Uma adolescente de 17 anos morreu nesta quinta-feira (21) com suspeita da gripe H1N1 em Campina Grande. Ela estava internada no Instituto de Saude Elpidio de Almeida (ISEA) há 17 dias, quando deu entrada na unidade grávida.

O parto do bebê teve que ser antecipado e ele nasceu prematuro, de 8 meses. Ele nasceu bem, há 15 dias, mas foi internado na UTI pediátrica da unidade. O estado de saúde da mãe permaneceu gravíssimo durante todo o pós-parto.

Curta o Facebook AQUI  siga o Twitter AQUI  e o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias da região

A adolescente era de Matureia, no Sertão do estado, e passou por vários hospitais e postos de saúde da região sem que ninguém percebesse os sintomas da gripe. “Aplicava o soro, passava paracetamol e mandava pra casa. Passou dipirona, amoxicilina e pronto”, comentou a mãe, Maria das Dores.

Apenas na quarta ida ao médico, uma profissional cubana que atende na região percebeu os sintomas da adolescente e a encaminhou para o Isea. Exames ainda vão confirmar se a jovem realmente tinha a gripe H1N1.




    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário