terça-feira, 19 de abril de 2016

Confira 10 vantagens em fazer concursos para cargos de nível fundamental

 
G1
Foto ilustrativa da internet


Atualmente, os concursos públicos são uma opção de carreira bastante conhecida, mas não era assim há alguns anos, quando somente uns poucos – em geral quem já tinha familiares servidores – tinham alguma noção dessa possibilidade e de como funcionava. Eram conhecidos os concursos para o Banco do Brasil, para a Receita Federal e para juiz, basicamente.

Curta o Facebook AQUI  siga o Twitter AQUI  e o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias da região

Apesar disso, ainda hoje há oportunidades que pouca gente conhece e, por isso, não se preparara para aproveitar. É o caso dos concursos para nível fundamental. Alguns cargos aceitam mesmo a escolaridade incompleta. Além de oferecer as mesmas vantagens de outros concursos – segurança e bom salário (comparado à iniciativa privada, para o mesmo nível de escolaridade), acontecem com uma frequência talvez até maior do que concursos para outras formações. Num momento de baixa empregabilidade no país, vale conferir os detalhes.

1 – Onde estão as vagas?

Em geral, os concursos para quem tem nível fundamental são oferecidos pelos municípios: prefeituras e câmaras municipais.

2 – Cargos mais comuns

Auxiliar de serviços gerais
Motorista
Telefonista
Merendeira
Vigilante

3 – Remuneração

Os salários variam na faixa de R$ 1.000 a R$ 1.500, podendo chegar a mais, se incluídos todos os benefícios.

4 – Carga horária de trabalho

A duração do trabalho varia entre 30, 35 ou 40 horas semanais.

5 - Idade

O candidato deverá ter 18 anos completos para assumir o cargo, mas pode fazer a inscrição e a prova com menos idade. De modo geral, não há limite máximo de idade, exceto o da aposentadoria obrigatória (70 anos para quase todas as carreiras).

6 – Outras exigências

O candidato vai passar por exames médicos e deverá estar em boas condições de saúde.

Além disso, deve ler o edital do concurso com atenção, para ter certeza de que possui todos os requisitos.

7 – Matérias cobradas e tipo de prova

As provas costumam apresentar perguntas com cinco opções de resposta, para o candidato escolher a correta. De modo geral, são 30 questões, aproximadamente.

Na maior parte dos editais, as matérias cobradas são português e matemática. Assim, o candidato pode estudar essas duas disciplinas e já adiantar boa parte do conteúdo de qualquer concurso que saia.

Pode também ser cobrada alguma matéria específica, relacionada à atividade que a pessoa vai exercer, caso seja aprovada. Por exemplo, legislação de trânsito para cargo de motorista.

Alguns concursos têm previsão de prova prática, por exemplo, para motorista e merendeira. Se for o caso, estará expresso no edital.

8 – Pouca base no estudo

O fato de o candidato achar que não lembra mais essas matérias ou que, mesmo na época da escola, não era muito bom aluno não deve fazê-lo desistir da ideia. É assim em todo tipo de concurso, mesmo nos mais complexos. Às vezes, é preciso estudar matérias nunca vistas na vida e há candidatos que tiveram de voltar aos livros depois de 10 ou 20 anos parados.

9 – Para ganhar experiência

Tudo o que se faz pela primeira vez pode assustar um pouco, por ser desconhecido. Assim, recomendamos que o candidato resolva muitas questões de concursos que já aconteceram para cargos parecidos, de nível fundamental. É fácil encontrar na internet. Essa é a melhor forma de ganhar familiaridade e segurança para o dia da prova, o que pode fazer uma grande diferença no resultado.

10 – Reprovações

Pode acontecer de a pessoa não ser aprovada logo, e isso é normal. É importante continuar estudando, para aprender mais e melhor e também para se acostumar a fazer as provas, com tempo controlado e marcação de cartão resposta.

Se esse tipo de concurso interessa a você, acompanhe a gente semanalmente e conheça as vagas oferecidas (veja aqui a lista de concursos), para ficar sabendo quando saírem as oportunidadespara a sua cidade.

Você pode se perguntar como fazer para conquistar o seu lugar, passando à frente dos outros candidatos. Preparando-se de verdade, em vez de contar com a sorte. Se você tem mais de 18 anos e por qualquer motivo foi obrigado a interromper os estudos, precisa se dedicar um pouco agora, para aumentar suas chances de conquistar um emprego mais seguro. O prêmio  justifica o sacrifício de voltar aos livros por alguns meses, mesmo que você tenha pouco tempo. Pode ser a chance de mudar a vida e, a partir daí, dar novos passos.





Nenhum comentário:

Postar um comentário