domingo, 17 de abril de 2016

Campinense está na final da Copa do Nordeste após vence Sport-PE nos pênaltis por 3X1

Amigão, em Campina Grande
Portal Correio
Foto: Phillipy Costa /Voz da Torcida


Leão podia até empatar, mas cedeu uma derrota por 1 a 0 no tempo normal e desperdiçou três cobranças de pênaltis.

O Campinense está na final da Copa do Nordeste 2016. A vaga foi garantida na tarde deste domingo (17), em confronto decidido nos pênaltis com o Sport-PE. Em jogo realizado no Estádio Amigão, em Campina Grande, os donos da casa contaram com falhas do adversário. O Leão podia até empatar, mas cedeu uma derrota por 1 a 0 no tempo normal e desperdiçou três cobranças de pênaltis.

O Sport iniciou as cobranças, com gol de Diego Souza. Depois, Chapinha deixou tudo igual para o Campinense. Em seguida, Renê desperdiçou uma oportunidade do Leão. Jussimar bateu com propriedade e colocou a Raposa em vantagem. Depois, Luiz Antônio mandou a bola pela direita e o goleiro Gledson espalmou, concretizando o segundo erro do Sport. Em seguida, Tiago Sala cometeu o primeiro erro do Campinense. Depois, , Johnathan errou feio e cometeu o terceiro erro. Joécio soube aproveitar a cobrança, fez gol e garantiu o passaporte do Campinense para a final.

Tempo normal

No primeiro tempo, a Raposa começou pressionando do Sport e chegou perto de abrir o placar logo no primeiro minuto, quando Rodrigão recebeu bom passe e chutou com perigo.

Aos 20 minutos o Campinense teve nova chance de tirar o zero do placar quando o atacante Raul recebeu passe de Felipe Ramon, mas não conseguiu chegar na bola e perdeu boa chance.

A partir dos 23 minutos do primeiro tempo o jogo ficou truncado e o Sport iniciou uma série de faltas contra os jogadores da Raposa.

Curta o Facebook AQUI  siga o Twitter AQUI  e o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias da região

Em uma das faltas o atacante Raul recebeu passe tentou ir ao gol quando foi derrubado pelo zagueiro Samuel Xavier, do Sport. Jogadores e torcedores do Campinense queriam a expulsão do zagueiro do Leão, mas o juiz deu cartão amarelo.

Aos 34 minutos a Raposa teve uma outra chance, novamente com Rodrigão. O atacante recebeu bom passe e chutou, mas a bola passou ao lado da trave do Sport.

No segundo tempo, o confronto continuou equilibrado, até que, aos 16 minutos, o Campinense abriu o placar. Jussimar avançou pela direita e deu toque para Rodrigão, que, desta vez, não perdoou a defesa do Leão. A Raposa ainda tentou aumentar o placar para garantir a classificação, mas sem êxito. O Leão, por sua vez, não conseguiu deixar tudo igual e acabou levando a decisão à cobrança de pênaltis.






Nenhum comentário:

Postar um comentário