quarta-feira, 6 de abril de 2016

Campina Grande - PB: Hospital Universitário disponibiliza leitos para casos suspeitos da gripe H1N1

ASCOM
Foto ilustrativa da internet


A direção do Hospital Universitário Alcides Carneiro (HUAC) da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) encaminhou à Secretária de Saúde de Campina Grande as medidas adotadas para colaborar  no enfrentamento dos casos suspeitos da gripe H1N1 na região. Entre elas, a disponibilização de quatro leitos adultos (dois masculinos e dois femininos) na ala de Infectologia e um outro, de isolamento, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

 "Se por ventura surgirem mais casos, os demais leitos da Infectologia serão progressivamente ocupados, à medida em que forem ocorrendo as altas dos pacientes em tratamento de outras doenças infectocontagiosas", garantiu o superintente do HUAC, Homero Rodrigues, comunicando que o leito da UTI disponibilizado já se encontra ocupado com um caso suspeito.

Curta o Facebook AQUI  siga o Twitter AQUI  e o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias da região

Homero Rodrigues chamou atenção para  a necessidade de integração dos outros hospitais, prestadores de serviços da rede SUS, cedendo leitos para pacientes portadores de outras doenças infecciosas a exemplo da tuberculose - que originariamente deveriam ser tratados no hospital universitário -, ampliando a sua capacidade de oferta para os casos suspeitos da H1N1. "Da mesma forma, precisamos do auxílio dos demais serviços, para os leitos de UTI", ressaltou.

A chegada de casos suspeitos de H1N1 ao HUA deve ser preenchida por avaliação do médico plantonista da Unidade de pronto Atendimento (UPA) ou do outro serviço hospitalar, previamente se informando da existência de vaga.





Nenhum comentário:

Postar um comentário