sábado, 12 de março de 2016

Médicos sequestrados no Rio Grande do Norte são achados em canavial da PB

Após serem localizados em meio a um canival na Paraíba, médicos foram trazidos de volta ao RN pela PM potiguar (Foto: Divulgação/PM)
Portal Correio
Foto divulgação/PM


Dois caçadores paraibanos também foram feitos reféns pelos bandidos; suspeitos ainda são procurados.

Dois médicos do Rio Grande do Norte foram resgatados na Paraíba após sofrerem sequestro na Zona Rural do estado vizinho durante a tarde dessa sexta (11). As vítimas só foram localizadas pela polícia à noite.

De acordo com a polícia, os médicos iriam começar uma aula de campo na Zona Rural de Macaíba (RN), quando os criminosos chegaram em um carro. Dois deles teriam obrigado o médico e a colega a entrarem no carro do médico, enquanto um terceiro os seguia no automóvel que pertencia ao trio.

Eles seguiam para a Paraíba quando o terceiro bandido mudou o caminho e retornou para Natal (RN) em busca de um bloqueador que impedisse o funcionamento de um rastreador no carro do médico. Os outros dois criminosos continuaram o percurso com o médico e a colega, no carro dele.

Curta o Facebook AQUI  siga o Twitter AQUI  e o canal do You Tube AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as principais notícias da região

Já à noite, na Paraíba, os bandidos ainda renderam dois caçadores no distrito de Barra de Camaratuba, na cidade de Mataraca, e também os fizeram reféns. O terceiro bandido não retornou com o bloqueador, o que fez os outros desistirem da ação e abandonarem os médicos e os caçadores em um canavial, onde foram achados pela polícia. Até a manhã deste sábado (12), os suspeitos ainda eram procurados.

O delegado titular da 7ª Seccional, Walter Brandão, acrescentou que a abordagem às vítimas aconteceu em Macaíba, próximo a Natal. "Depois de renderem os dois médicos, os suspeitos do crime descobriram que o veículo tinha GPS e pararam em Barra de Camaratuba, na Paraíba, a fim de entrar em contato com outros comparsas. Eles saíram do carro e entraram em uma área de mata, onde os médicos foram encontrados. Antes disso, dois caçadores, que também foram feitos reféns foram localizados e auxiliaram na indicação do local", afirmou o delegado.

O capitão Alberto Filho, comandante da Polícia Militar na cidade de Mamanguape (PB), disse que já há pistas dos suspeitos e que eles podem ser presos a qualquer momento.

Ainda segundo ele, pode haver mais de três bandidos envolvidos no sequestro e que a situação agora é investigada pela Polícia Civil no Rio Grande do Norte, depois de ter passado pela Delegacia de Mataraca, na Paraíba.

A ação ocorreu de forma conjunta entre as polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal dos dois estados.





Nenhum comentário:

Postar um comentário