quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Sismólogo afirma que tremor de terra em PE alcançou cidades da Paraíba

LabSis confirma que PB sentiu tremor
Portal Correio
Foto reprodução mapa LabSis


Último tremor considerado alto na Paraíba foi registrado na década de 90 na cidade de Uiraúna, no Sertão a 464 km de João Pessoa. Depois desse episódio, segundo o LabSis, houve discretos registros no estado.

O tremor de terra de magnitude 3.8 registrado na cidade de São Caetano, a 148 km de Recife (PE), na tarde dessa terça-feira (23) teve reflexos em cidades da Paraíba. A afirmação é Eduardo Menezes, técnico em Sismologia do Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis/UFRN), responsável no Nordeste sobre tremores de terra. Pelas redes sociais, internautas disseram que sentiram o tremor em algumas localidades da Paraíba.

Curta o Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora, a página de notícias mais acessada da região do Seridó e do Curimataú paraibano e fique atualizado com as notícias

“Há registros de que algumas cidades da Paraíba tiveram reflexos do tremor ocorrido em Pernambuco, nessa terça. Isso que dizer que quando ocorre um tremor de 3.8 de magnitude na escala Richter a propagação das ondas chega a um raio de 100 km”, disse o especialista.

Conforme o técnico, um levantamento será feito nesta quinta-feira (25) para saber quantas cidades da Paraíba registraram algum tipo de abalo provocado pelo tremor em São Caetano (PE). “Não posso dizer agora com precisão quantas cidades da Paraíba registraram um discreto tremor, mas amanhã (24), possivelmente, teremos um resultado concreto das cidades e regiões da Paraíba onde houve o reflexo das ondas”, falou Eduardo Menezes.

O último tremor considerado alto na Paraíba foi registrado na década de 90 na cidade de Uiraúna, no Sertão a 464 km de João Pessoa. Depois desse episódio, segundo o LabSis, houve discretos registros no estado.

Tremor

O epicentro do tremor ocorreu na cidade de São Caetano, no Agreste de Pernambuco, na tarde dessa terça-feira (23). Segundo o Laboratório Sismológico da UFRN, foram 85 tremores ao longo do dia, com pico às 16h30. De acordo com o LabSis, 25 municípios de Pernambuco sentiram o abalo.





Nenhum comentário:

Postar um comentário