terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Paraíba perde mais de 450 mil linhas de celular em 2015

 
Jornal da Paraíba
Foto reprodução Jornal da Paraíba



Uso do aplicativo WhatsApp e a desativação de linhas canceladas eliminaram 8,73% do número de chips no Estado em 2015.

A Paraíba fechou o ano passado com  uma redução de 450,480 mil linhas de telefonia móvel. O número de linhas ativas  (chips) na Paraíba em dezembro de 2015 ficou em 4,711 milhões, contra 5,162 milhões em dezembro de 2014, representando uma queda de 8,73%.

O número de baixas equivale ao número total de  linhas da cidade de Campina Grande.

A desativação de chips  com mais de 90 dias sem uso e o volume cada vez maior de consumidores ao aplicativo WhatsApp contribuíram para esta retração.

Os dados do volume de linhas na Paraíba são da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A líder no mercado paraibano é a operadora Oi, com 1,602 milhão de linhas (34% do total). Em segundo lugar vem a TIM (1,441 milhão) e com 30% do mercado, enquanto a Claro (1,183 milhão), e a Vivo (484,096 mil) completam o quadro.

Curta o Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora, a página de notícias mais acessada da região do Seridó e do Curimataú paraibano e fique bem informado

Segundo o engenheiro eletricista do Instituto Federal da Paraíba (IFPB) Ítalo Oriente, um dos fatores que contribuíram para esta queda no volume de linhas no Estado foi a grande adesão ao  WhatsApp e as redes sociais como forma de comunicação. “O  WhatsApp é uma importante ferramenta de comunicação, basta ter uma rede sem fio que é possível o usuário falar com inúmeras pessoas gratuitamente para operadoras diferentes.

Anteriormente, o paraibano possuía vários chips de empresas de telefonia distintas para pagar menos nas ligações”, avaliou.  No Brasil, o número de chips desativados foi de 22,9 milhões no ano passado.






Nenhum comentário:

Postar um comentário