sábado, 27 de fevereiro de 2016

Maracujá renova esperança de agricultores que perderam coqueirais por conta da seca, no interior da PB

Maracujás tomam lugar dos cocos em Sousa 
SECOM-PB
Fotos divulgação/SECOM-PB


Maracujás estão sendo plantados por agricultores que sobreviviam do coco, nas várzeas de Sousa. No local, os maracujás são plantados aproveitando o caule do coqueiros para dar suporte a plantação.

Os agricultores que perderam todo ou quase toda a plantação de coco da região das várzeas de Sousa, no município de Sousa, Sertão paraibano, a 433 km de João Pessoa, estão conseguindo conquistar uma nova maneira de sobreviver na região graças à cultura do maracujá.

Curta o Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora, a página de notícias mais acessada da região do Seridó e do Curimataú paraibano e fique atualizado com as notícias

Um dos agricultores que estão desenvolvendo o maracujá na região é Expedito Rodrigues, que cultivava cocos, mas por conta da estiagem resolveu mudar de cultura.

Os maracujás plantados pelo agricultor ficam em uma área de um hectare, que foi adquirida com recursos próprios de Expedito e através de um financiamento de R$ 17, 9 mil feito por ele.

No local, os maracujás são plantados aproveitando o caule do coqueiros para dar suporte a plantação, que já se encontra em fase de produção dos maracujás.

Agricultor resolveu apostar na cultura do maracujá

Maracujás plantados no Sertão paraibano




Nenhum comentário:

Postar um comentário