sábado, 20 de fevereiro de 2016

‘Inácio Garapa’ e o assédio dos fãs: por onde anda o ator que encantou o cinema regional?

Diário do Sertão
Foto reprodução internet


Segundo o entrevistado as pessoas o reconhecem nas ruas e pedem fotografias com o protagonista de 'Inácio garapa'

Wellington Marques, pelo nome poucos irão conhecê-lo, mas ele é o ator principal do filme Inácio Garapa, reproduzido, segundo Wellington, de forma pirata, assim entrou nas casas das pessoas e ficou conhecido em Cajazeiras e região. Inclusive com cenas do filme gravadas na cidade de Sousa - PB.

Em sua história Wellington relatou ter perdido sua mãe aos 14 anos, também situações de vida e de como tudo começou: “não pensava em ser artista, queria ser professor de capoeira”, contou o artista sobre a descoberta de seus talentos.

Curta o Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora, a página de notícias mais acessada da região do Seridó e do Curimataú paraibano e fique atualizado com as notícias

Segundo Wellington, as pessoas o reconhecem nas ruas e pedem fotografias com o protagonista de ‘Inácio Garapa’. Mas lembra outros papéis que interpretou.

‘Inácio’ está morando em Cajazeiras - PB e está executando trabalhos artísticos/culturais em Poço José de Moura - PB, assim como em toda a região por onde é chamado; “até para circo vou”, disse.

O filme

Lançado em 2010, o Filme “Inácio Garapa, Um Matuto Sonhador”, foi o primeiro produzido pela Barriguda Filmes. O longa é uma comédia matuta criada por J. Gomes, que estreava na produção cinematográfica.

O filme foi gravado em sua maior parte na cidade de Alexandria - RN, com cenas também em Major Sales. Ele conta com bom humor o drama de uma família nordestina que tenta sobreviver às dificuldades enfrentadas na região.

Diante do grande sucesso do primeiro filme, em 2011 foi lançado a sequência da saga do matuto sonhador: “Inácio Garapa um Matuto Sonhador 02 O Retorno”. Em 2014, é lançado o filme que fecha a trilogia da Saga do Matuto Sonhador: “Inácio Garapa 03 A Saga”.


SINOPSE – comédia matuta que narra a saga de um nordestino sonhador. Inácio Garapa, apelido que lhe foi auferido desde criança por ter sido criado com garapa de rapadura, vive da roça, mas sonha em ser um escritor, um famoso cantador de viola ou um vereador.

Casado com Mundinha, tem dois filhos e os sonhos que o nutre para deixar a vida sofrida da roça, os leva a situações hilárias, principalmente pela rejeição aos seus devaneios por sua esposa, brava mulher sertaneja. 

O filme contém também cenas de sofrimento e dor, comum as famílias nordestinas diante dos períodos de seca e fome, mas também muitas cenas de humor. Um final surpreendente leva a crer aos espectadores a vitória do protagonista desta estória diante da sua persistência e por acreditar que um homem analfabeto e pobre pode ter o seu lugar ao sol.





Nenhum comentário:

Postar um comentário