terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Perícia aponta que pneus gastos e chuva causaram morte de sete pessoas em acidente na Paraíba

Click PB
Foto reprodução Click PB




Mercedes C250, ocupada por quatro pessoas, estaria com os pneus traseiros desgastados e água da chuva teria provocado aquaplanagem.

A Delegacia Distrital de Patos divulgou nesta terça-feira (26) o resultado da perícia apontando os pneus desgastados de um dos veículos e água da chuva acumulada na pista como os fatores que causaram o acidente que matou sete pessoas no dia 17 de janeiro na BR-230, no município de Quixaba, no Sertão. As duas famílias eram da cidade de Sousa.

O perito criminal responsável pela perícia, Adriano Medeiros, informou que os pneus traseiros da Mercedes C250, ocupada por quatro pessoas, estavam desgastados. Segundo ele, como chovia muito no momento do acidente, a água acumulada na pista teria provocado aquaplanagem.

Curta o Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora, a página de notícias mais acessada da região do Seridó e do Curimataú paraibano e fique atualizado com as notícias

No acidente, sete pessoas morreram, incluindo duas crianças. Apenas uma pessoa ficou ferida e foi socorrida para o hospital.

Conforme informações da Polícia Rodoviária Federal, um dos veículos teria perdido o controle e colidido com outro. O trecho em que ocorreu a colisão é uma reta, no km 328,8 da BR-230.

No Volkswagen Polo, que seguia no sentido João Pessoa para o Sertão, morreram Ulisses Firmino Cesarino, de 38 anos, Maria Thaís Lopes Pedrosa Cesarino, de 31 anos, Gabriela Lopes Cesarino, de 6 anos. Ocupavam a Mercedes Tereza Cristina Lira Abrantes Vilhena, de 31 anos, Terezinha Lira de Abrantes, de 56 anos e Esther Abrantes Marques, de 7 anos, e o motorista Laercio Carneiro Vilhena, de 63 anos.





Nenhum comentário:

Postar um comentário