sábado, 19 de dezembro de 2015

Presidente da FAMUP diz que prefeitos da PB devem desistir de disputar reeleição por conta da crise

 
Blog do Gordinho
Foto ilustrativa da internet



Ele admitiu que o Ministério Público tem a competência de questionar os atos dos prefeitos, mas fez uma ponderação sobre a crise financeira do país que afeta as contas dos municípios.

O presidente da Federação das Associações de Municípios da Paraíba (FAMUP), Tota Guedes, revelou que mais de 30 prefeitos do estado que têm direito a disputar a reeleição deverão abrir mão da disputa por conta da crise econômica que afeta os municípios.

“Diante da crise, mais de 30 prefeitos que têm direito à reeleição não vão concorrer em 2016. Eu não tenho dúvida de que esse número irá aumentar”, declarou.

Curta o Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora, a página de notícias mais acessada da região do Seridó e do Curimataú paraibano e fique atualizado com as notícias

Tota Guedes também comentou o atraso nas folhas de pagamentos dos municípios e décimo terceiro. Ele admitiu que o Ministério Público tem a competência de questionar os atos dos prefeitos, mas fez uma ponderação sobre a crise financeira do país que afeta as contas dos municípios.

“Não é legal, o ideal seria que todos pagassem o décimo terceiro, mas vivemos uma das maiores crises. As prefeituras enfrentam queda nas receitas, mas a lei não é uma ciência exata e cabe interpretações”, avaliou.





Nenhum comentário:

Postar um comentário