terça-feira, 17 de novembro de 2015

Soledade - PB: Assassinato é cercado de mistério e revólver é encontrado na cena do crime

 
Heleno Lima
Fotos reprodução Heleno Lima



Soledade (PB) - É repleta de mistério a morte de Martinho de Valdemiro, assassinado na noite desta segunda-feira (16) com pelo menos 6 tiros nas proximidades da barragem das Macambiras, zona oeste da cidade.

Segundo apurou a reportagem, conversando com amigos e familiares da vítima, não havia motivo aparente para tamanha brutalidade, haja vista que ele era um homem bom, honesto e trabalhador.

Ele era casado e, desta união, nasceu uma menina, que era o seu xodó. 

Do seu pai, Valdemiro, que foi morar na zona rural, Martinho herdou um burro mulo com uma carroça e ganhava a vida transportando material de construção na cidade e colocando água nas residências, além de partir lenha para algumas pessoas que o procuravam.

Nos últimos tempos, ele adquiriu uma motocicleta e a adaptou para puxar uma carroça, onde ganhava a vida.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias

Segundo informa um amigo, Martinho, no passado, quando era solteiro, era meio azougado e não levava desaforo para casa. Mas depois que se casou, mudou radicalmente da água para o vinho e vivia exclusivamente para a família.

No local do crime, foi encontrado um revólver calibre 38 e 6 munições, sendo 5 deflagradas e isso deu motivo a várias especulações.

Uma delas diz que Martinho teria sofrido uma tentativa de assalto e reagira. Mesmo ferido, ele teria ido para cima do bandido e tomado a arma.

Mas não há testemunhas que confirme essa versão e a Polícia Civil espera o resultado da perícia para saber se realmente os disparos que o matou saíram de fato dessa arma ou se o revólver seria dele e que ele teria tentado se defender usando-o.

O resultado final da perícia sai em 30 dias, mas antes é entregue ao delegado responsável pela investigação um resultado preliminar para que o caso possa ser elucidado.






Nenhum comentário:

Postar um comentário