domingo, 18 de outubro de 2015

Imagens de suposto vazamento ENEM 2015 circulam pelas redes sociais

Diário de Pernambuco
Fotos reprodução Diário de Pernambuco


Fotos trazem a capa rosa do primeiro dia de provas e a azul, do segundo dia, além do provável tema da redação: os benefícios e os malefícios da terceirização. INEP nega veracidade

Imagens de um suposto vazamento das duas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) circulam neste domingo pelas redes sociais. As fotos seriam dos testes que serão aplicados no próximo final de semana, nos dias 24 e 25 em todo o país. As imagens trazem a capa rosa do primeiro dia de provas e a azul, do segundo dia, além do provável tema da redção: os benefícios e os malefícios da terceirização.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) nega a veracidade das imagens. De acordo com a assessoria de imprensa do órgão, uma análise garantiu que os testes não são os do ENEM 2015.


Segurança - Para evitar fraudes, a Polícia Federal (PF) fez este ano um cruzamento de dados tanto dos candidatos quanto dos fiscais que vão acompanhar a aplicação das provas. Segundo o diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello Coimbra, nos dias do exame – 24 e 25 de outubro –, equipes de inteligência vão trabalhar em conjunto. De acordo com o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, os procedimentos de segurança estão sendo aprimorados a cada ano para garantir o respeito àqueles que farão o exame.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias

Todos candidatos terão que passar pelo detector de metais, inclusive nos banheiros, para evitar o uso do celular. Também haverá o monitoramento das redes sociais para identificar perfis de pessoas que eventualmente postarem fotos das provas. Os esquemas de segurança e operacionalização do ENEM serão coordenados no Centro Integrado de Comando e Controle Nacional, na sede da Polícia Rodoviária Federal, em Brasília. As rotas de distribuição das provas foram planejadas pelos Correios e homologadas pelas forças de segurança que darão apoio na distribuição dos 30.435 malotes de provas.

Anos anteriores - No ano de 2009 o vazamento das provas forçou o  Ministério da Educação (Mec) a cancelar a aplicação do ENEM.Em 2014, a Polícia Federal confirmou vazamento do tema da prova da redação do ENEM para estudantes do Piauí. De acordo com o delegado regional de Combate ao Crime Organizado da Superintedência da PF no estado, Alexandre Uchôa, não houve furto da redação em uma gráfica ou empresa de transporte. O vazamento partiu dos locais de aplicação da prova.

No mesmo ano, o Ministério Público Federal no Ceará (MPF/CE) concluiu que não houve beneficiados com o vazamento do tema da redação do ENEM de 2014 e arquivou o procedimento que apurava o caso. O relatório detalha que os estudantes participantes do ENEM 2014, ouvidos na investigação, não teriam como ser beneficiados, pois, ou tomaram conhecimento do tema um pouco antes do início da prova, ou após a realização do exame, segundo os depoimentos prestados.





Nenhum comentário:

Postar um comentário