quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Cuité , Cubati e Nova Floresta lideram ranking de acidentes de trânsito na região

Dema Macedo
Foto reprodução Dema Macedo



Um levantamento realizado pelo Grupo dos Amigos do Trânsito do Curimataú - ATC junto ao Hospital de Traumas de Campina Grande aponta alguns municípios da região do Curimataú  que registraram o maior número de acidentes.

Ocorrências na região que deram entrada na área vermelha do hospital de Trauma de Campina Grande entre 27 de julho a 09 de setembro, por cidades: Cuité ( 8 vitimas) Cubati (8 vitimas)  Nova Floresta (7 vitimas) Picuí ( 4 vitimas) e Sossego(4 vitimas) totalizando 31 vitimas apenas em cinco cidades da região.

Segundo informes do  Hospital de Traumas de Campina Grande entre o mês de Junho a Outubro do corrente ano, sejam com acidentes com poli traumatizados ou vitimas internadas que não resistiram aos ferimentos e   foram a óbito  se tem  a média é de 100 (cem) ocorrência no mínimo na região, sem contabilizar as demais cidades de Barra de Santa Rosa ,  Baraúna, Damião , São Vicente do Seridó , Pedra Lavrada, Nova Palmeira e Frei Martinho.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias

O Comandante do BPtran da Paraíba ,  Cel Almeida Martins disse que irá intensificar na região ações de educação de Trânsito junto com o Detran para reduzir os índices de acidentes  , segundo ele à redução em algumas regiões já alcançaram patamares menores do que o ano de 2013 e 2014.

O  Grupo dos Amigos do Trânsito do Curimataú  teve que adiar uma audiência pública com Ministério Público Estadual  que seria realizado nesta próxima sexta-feira (30) devido o feriadão, em breve será agendada uma nova data para discutir a “Segurança no Trânsito”  que a cada dia vem ceifando vidas.

É fundamental atender as normas do CTB como por exemplo, o uso obrigatório do Capacete. Contudo a discussão da violência no trânsito perpassa por vários fatores entre eles “Educação do Trânsito” urge que os gestores tomem pra si a responsabilidade de promover  campanhas educativas . 

Os maiores fatores de risco dos acidentes são os próprios motoristas  onde a imprudência está diretamente ligada  a velocidade e/ou embriaguez no volante .   Um das pautas na  “ Audiência Pública “  será a municipalização do trânsito  para que não se transfira responsabilidades onde fiscalize e melhore as condições do  trânsito.





Nenhum comentário:

Postar um comentário